Ciganos

sábado, 13 de janeiro de 2018

Encantamento Cigano para todos os Signos




ENCANTAMENTO PARA O SIGNO DE ÁRIES:

Arranje um papel dourado novo e recorte-o na forma de um triângulo. Faça o mesmo com um papel de cor branca. No triângulo dourado,escreva o seu nome completo e a sua data de nascimento. No triângulobranco, anote o nome e a data de nascimento da pessoa que você ama. Em siguida, junte e cole as duas formas geométricas, formando uma estrela-de-davi, que simboliza o equilíbrio. Passe esta estrela na fumaça de um incenso de canela, pedindo, em voz alta, que você e essa pessoa tão especial sejam unidas pelo amor. Guarde a estrela num pote cheio de arroz branco(símbolo da felicidade, da fartura e do casamento) pelo período de 13 dias. Depois, enterre-a perto de uma árvore frondosa, regue o local com um copo de vinho branco doce e vá embora sem olhar para trás.



ENCANTAMENTO PARA O SIGNO DE TOURO:

Numa noite de Lua cheia, faça um lindo ramalhete contendo sete rosas vermelhas, sete rosas amarelas e sete rosas brancas. Amarre as flores com uma fita dourada, salpique sobre elas o seu perfume favorito e leve-as para uma igreja, depositando-as ao lado de uma imagem de Nossa Senhora (o ideal seria uma imagem de Santa Sara, mas é muito raro encontrar alguma nas igrejas brasileiras). Ore com fé, pedindo que a pessoa certa cruze o seu caminho; se já estiver um par, suplique pela estabilização do relacionamento e a solução dos eventuais impasses. Os efeitos da magia vão aparecer no primeiro mês. Mas, para ser duradouro, o ideal é repetir o ritual durante sete meses seguidos.



ENCANTAMENTO PARA O SIGNO DE GÊMEOS:

Numa folha de papel virgem, escreva a lápis tudo o que você espera de um relacionamento amoroso. Talvez seja difícil você lembrar de tudo uma só vez; por isso, a melhor coisa é ir fazendo essa lista aos poucos, ao longo de alguns dias. Quando terminar as anotações, aguarde a chagada da Lua crescente. Durma com esse papel debaixo do travesseiro até a primeira noite de Lua cheia. Tente não pular nenhuma noite. Quando a Lua cheia finalmente chegar, leve esse papel para um lugar bonito, arborizado. Deixe-o perto de árvore, junto com 21 moedas de qualquer valor e uma taça pequena, contendo vinho branco e uma colher de mel.Concentre-se e peça mentalmente para os guias ciganos facilitarem a conquista dos seus objetivos na vida a dois. Vá embora sem olhar para trás.



ENCANTAMENTO PARA O SIGNO DE CÂNCER:

Faça uma espécie de arca do tesouro com objetos que tenham valor afetivo para você, ou que, de alguma forma, o façam pensar em amor, união, romance.Exemplos: o papel de um bombom que você ganhou do seu amor, o ingresso de um show ao qual vocês foram juntos, um velho convite de casamento. Garde tudo numa caixa, recubra com pétalas de rosa cor-de-rosa e feche bem. Amarre com uma fita dourada. Mantenha essa caixa num lugar seguro, longe de olhares curiosos. E, sempre que a Lua entrar na fase cheia, abra-a e acrescente alguma coisa: um fio de cabelo do seu amor, um buquê de noiva, uma foto bonita que transmita felicidade. Proceda assim durante um ano. Quando o ciclo terminar, escolha três itens da caixa e deixe cada um deles em uma igreja diferente.Os restantes dos seus "tesouros" poderão continuar guardados como lembranças.



ENCANTAMENTO PARA O SIGNO DE LEÃO:

Se você já tem um amor e deseja manter o relacionamento em harmonia, pegue duas velas brancas e, com a ponta de um punhal, escreva sete vezes o nome da pessoa amada em uma delas. Na outra, escreva o seu nome. Unte as duas velas com óleo de amêndoas e açúcar, seguindo sempre o sentido do pavio para baixo. Acenda-as bem juntinhas, ao lado de um copo com água. Peça para a corrente dos Ciganos do Oriente cuidar da sua felicidade. Se você ainda não tem um amor, o procedimento é outro: cozinhe sete batatas-doces e amasse-as com bastante açúcar. Quando essa mistura virar um purê bem consistente, faça duas bolas: uma simboliza você, e a outra a sua alma gêmea. Envolva-as em óleo de amêndoas doce e encaixe dentro delas uma moeda R$ 1. Leve a oferenda para um campo aberto e entregue para os Ciganos do Oriente.



ENCANTAMENTO PARA O SIGNO DE VIRGEM:

Para atrair amor e felicidade, realize a Novena de Santa Sara Kali. Todos os dias, no mesmo horário, acenda uma vela branca em um lugar que fique acima da sua altura. Depois, ajoelhe-se e recite a oração a Santa Sara Kali, a padroeira do povo cigano:"Santa Sara, pelas forças das águas. Santa Sara, pelos teus mistérios. Tu possas estar sempre ao meu lado. Eu, devota dos filhos dos ventos, das Estrelas e da Lua Cheia, peço que a Senhora esteja sempre ao meu lado. E que, pelas fitas do Povo Cigano, a Estrela de Cinco Pontas, os Incensos, pelo meu altar, pela minha Cigana, eu posso ter sabedoria e amor para ajudar a toda criatura que vier a mim em busca de auxílio. Santa Sara, me abençoe e acompanhe todos os meus amigos e familiares, e que todos que tenham sempre uma palavra de amor e carinho para dar àqueles que baterem à minha porta. E que o meu desprendimento e a minha dedicação sirvam para trazer a minha alma gêmea para a minha vida. Assim seja!" Atenção: a novena só pode ser realizada durante o dia. E, se você tiver que pular um dia da novena, comece tudo de novo.



ENCANTAMENTO PARA O SIGNO DE LIBRA:

Numa noite de Lua Cheia, pegue duas velas cor-de-rosa, um prato branco que nunca tenha sido usado, sete rosas cor-de-rosa, óleo de sândalo, um alfinete novo, sete bastões de incenso de sândalo e uma maçã vermelha cortada em duas partes. Sobre o prato, espalhe as pétalas das rosas. Em seguida, usando a ponta do alfinete, escreva o seu nome em uma das velas, e, na outra, o nome da pessoa amada. Caso esteja só e queira justamente encontrar um novo amor, coloque o seu próprio nome nas duas velas. Unte as velas com óleo de sândalo posicione-as bem juntinhas no prato. Coloque também a maçã dividida, encaixando nas duas metades as varetas de incenso. Acenda tudo em um lugar elevado (acima da sua altura). Depois, descarte os restos bem longe da sua casa.



ENCANTAMENTO PARA O SIGNO DE ESCORPIÃO:

Leve ao fogo dois litros de leite com duas lascas de canela em casca. Assim que levantar fervura, retire a panela do fogo e adicione quatro colheres (de sopa) bem cheias de mel e uma maçã vermelha raspada. Coe e deixe esfriar. Depois do seu banho habitual, despeje essa mistura da cabeça aos pés. Cubra a cabeça com uma toalha (de preferência branca) e vista-se sem enxugar-se, ou coloque um roupão. Acenda uma vela branca para Santa Sara Kali, a protetora do Povo Cigano, e diga para ela, em voz alta, aquilo que deseja: manter, recuperar ou encontrar um amor; reacender o desejo do ser amado; acabar com os conflitos. Depois, banhe-se novamente apenas com água. Repita o ritual durante sete domingos.



ENCANTAMENTO PARA O SIGNO DE SAGITÁRIO:

Numa noite de Lua crescente, pegue uma vasilha bem grande e, dentro dela, coloque: quatro litros de água, duas colheres (de sopa) de óleo amêndoa doce, dez gotas de essência de rosas, pétalas de uma rosa branca, um lírio branco, três ramos de alecrim, um cristal de quartzo branco, um quartzo cor-de-rosa, um citrino e uma ametista. É importante que todos os cristais utilizados sejam pequenos. Deixe a vasilha ao ar livre. Na manhã seguinte, coe tudo e, se quiser, dê uma leve aquecida no líquido. Depois de tomar o seu banho habitual, despeje essa poção da cabeça aos pés. Enquanto realiza esse procedimento, fale em voz alta o que você deseja: conquistar uma pessoa, afastar uma rival, acabar com as brigas... Pegue as pétalas que você coou e esfregue sobre o corpo. Não se enxugue. Vista-se com roupas claras e guarde os cristais na sua gaveta de roupas íntimas.


ENCANTAMENTO PARA O SIGNO DE CAPRICÓRNIO:

Ferva dois litros de água mineral. Assim que entrar em ebulição, adicione dez ramos de alecrim fresco, sem os galhos, e um punhado de sal grosso. Tampe a panela e deixe em infusão por 30 minutos. Adicione 30 gotas de essência de verbena e três pitadas de canela em pó. Em voz alta, peça para o Povo Cigano levar a negatividade para longe de você, e para trazer, nem que seja das terras mais longínquas, o par perfeito que tornará a sua vida mais feliz!



ENCANTAMENTO PARA O SIGNO DE AQUÁRIO:

O banho que ensinaremos a seguir poderá ser tomado todos os dias, exceto na Lua minguante e na sexta-feira da Paixão. Compre sete girassóis e deixe-os enfeitando a sua casa durante três dias. Passado esse período, retire as pétalas das flores e mergulhe-as em três litros de água morna. Vá espremendo as pétalas, de modo a extrair o seu sumo. Acrescente três colheres (de café) de mel. Coe bem. Tome um bom banho e despeje essa poção do pescoço para baixo. Não se enxugue, apenas vista um roupão após o banho e deixe o corpo secar naturalmente. Essa magia é bastante versátil, pois abre os caminhos para um novo amor, caso você esteja só; afasta os obstáculos, no caso do seu relacionamento estar em crise; e ajuda a manter a harmonia entre os casais felizes.



ENCANTAMENTO PARA O SIGNO DE PEIXES:

Leve ao fogo uma panela contendo dois litros de água. Depois que levantar fervura, desligue e adicione sete gotas da essência de cravo, sete gotas de essência de jasmim e três folhas de louro. Deixe amornar até o líquido ficar numa temperatura agradável. Então, coe, tome o seu banho habitual e, em seguida, despeje essa poção da cabeça aos pés, dizendo: "Louro, cravo, jasmim, preciso de um amor sem fim! Louro, cravo, jasmim! São João, traz um amor para mim! Pelo universo, que seja assim! Pelo universo, quero um amor sem fim!" Ao sair do banho, pegue uma vela cor-de-rosa e unte-a com óleo de rosas. Com a ponta de um alfinete, escreva o seu nome na vela. Coloque-a em um pratinho branco de louça, espalhe um pouco de açúcar cristal em volta e acende-a, deixando-a queimar até o fim, em um lugar alto (acima da altura da sua cabeça).

Ciganos protetores, Velas e Flor de cada signo cigano


Ciganos protetores, Velas e Flor de cada signo cigano

Punhal (21/03 a 20/04)
Cigano: Wladimir
Vela: Vermelha
Flor: Margarida



Coroa (21/04 a 20/05)
Cigano: Ramiro
Vela: Amarela
Flor: Cravo branco



Candeias (21/05 a 20/06)
Cigana: Clarita
Vela: Cinza
Flor: Rosa cor de rosa



Roda (21/06 a 21/07)
Cigana: Esmeralda
Vela: Verde claro
Flor: Lírio



Estrela (22/07 a 22/08)
Cigana: Jordana dos ventos
Vela: Laranja
Flor: Acácia ou cravo vermelho.



Sino (23/08 a 22/09)
Cigana: Letícia do Ouro
Vela: Violeta
Flor: Azaléa



Moeda (23/09 a 22/10)
Cigano: Rugero
Vela: Amarela
Flor: Dália



Adaga (23/10 a 21/11)
Cigana: Urdila
Vela: Vermelha
Flor: Crisântemo



Machado (22/11 a 21/12)
Cigana: Zoraia
Vela: Púrpura ou vermelha
Flor: Narciso



Ferradura (22/12 a 20/01)
Cigana: Rochele
Vela: Azul claro
Flor: Cravo roxo ou vermelha



Taça (21/01 a 19/02)
Cigana: Yajuri
Vela: Azul marinho
Flor: Violeta



Capela (20/02 a 20/03)
Ciganos: Ticiano e Sandra
Vela: Verde
Flor: Orquídea


* Obs: O signo cigano Capela é o único regido por dois ciganos.
Sempre que precisar de ajuda, acenda uma vela na cor do seu cigano (a) e faça seus pedidos. Se puder colocar a flor é bom; mas pode fazer seus pedidos sem a flor.

Prece ao Cigano Curandeiro.

Prece ao Cigano Curandeiro.


Cigano Curandeiro,
Livra-me dos caminhos traiçoeiros;
Livra-me dos inimigos;
Livra-me dos pensamentos negativos;
Livra-me da inveja e dos invejosos;
Livra-me das decepções, das doenças, do desemprego;
Livra-me das calúnias, da dissolução familiar;
Livra-me dos sentimentos de angústia e da depressão.
Livra-me de não poder honrar meus compromissos, da falta de dinheiro, da falta do pão e da falta de moradia.
Ó Cigano Curandeiro...
Tu és a minha defesa,
És o meu guia e sei que nada me faltará;
És o meu grande amigo, meu escudo e minha fortaleza.
Confio em ti, e te agradeço pelas bençãos já recebidas.
Optchá!

Ponche Cigano.





Ingredientes:

1 garrafa de suco de uva
1 garrafa de extrato de groselha
1 vinho tinto de ótima qualidade
1 vinho branco de ótima qualidade
3 espumantes brancos de ótima qualidade
Gelo picado a gosto
Frutas maduras e doces em cubinhos:
- maçã vermelha
- cereja
- morango
-abacaxi
-pêssego
- uva rubi (inteira)


Modo de preparar
Em uma poncheira ou jarra misture todos os ingredientes (que você deverá calcular aproximadamente a quantidade conforme o seu gosto com mais ou menos frutas) sirva bem gelado.
Importante: Os vinhos devem ser doces e suaves.
Caso queira deixar o ponche mais alcoólico acrescente licor de menta ou aniz dá um toque super especial.

Dança Cigana

A imagem pode conter: noite

A maioria dos povos nômades vivem livres, dormem vendo as estrelas, acendem fogueira para se aqueceres e sua principal diversão é a música e a dança.

O povo cigano não foge à regra, conservando essa antiga e alegre tradição. A dança nasce com eles no momento em que abrem os olhos para enfrentar a dura vida de cigano.


Desde criança os ciganos ouvem e dançam as seguidillas, a rumba, as alegrias e o flamenco - ritmos e sons tradicionais - produzidos pelas guitarras, violinos, violões, acordeões, címbalos, castanholas, pandeiros, palmas das mãos e batidas dos pés, que aprendem desde cedo com parentes e amigos nas festas da kumpania.


Não existem ciganos profissionalizados através da dança cigana e sim aqueles que fazem apresentações apenas para divulgar esse lado tão belo e cheio de magia dessa tradição que a todos fascina.


Ciganos não frequentam academias nem aulas de dança, pois quando dançam, o fazem com a alma, o coração e os movimentos naturais do corpo, sem nenhuma coreografia pré-concebida. Os ciganos que se instalaram que emigraram para o Egito e depois para a Espanha, tanto o povo cigano como o andaluz eram um orgulhosos por manter suas tradições. Eram muito individualistas e leais à instituição familiar. Assim nasceu a sociedade do flamenco. Esta palavra "flamenco" designava ciganos, pessoas sem posse de terra, derivado do árabe das palavras "fellahu" e "mengu", que significava "o camponês errante". A sociedade espanhola associava a esta palavra os ciganos, ou o estilo de vida cigana. Tal estilo incluía a arte da música flamenca, a dança e a tourada.


Os ciganos acreditam que espíritos e entidades os acompanham no dia a dia. Um artista tem que esperar que um ente se aposse dele e inspire-o para que seja capaz de fazer a arte verdadeira. Este sentimento profundo criou o "canto jondo" na Andaluzia, um canto de tristeza profunda, que se contrasta com o "canto flamenco".

Como escolher sua saia cigana



Como os ciganos estão espalhados pelo mundo em diversos clãs, é também um povo de diversas culturas. Assim, não podemos dizer que há apenas um tipo de roupa ou saia cigana. Cada clã ou cada família tem seu jeito de se vestir. Alguns moram em lugares quentes e preferem as roupas mais leves, outros vivem em ambientes frios, e por isso preferem roupas mais quentes e pesadas. Alguns grupos adoram saias com bastante roda e babado. Outros grupos preferem saias mais justas, cheias de brilhos e detalhes. Há ainda as camponesas, que preferem saias mais curtas, para não atrapalhar o trabalho do campo.


Apesar de tantas variedades, o figurino da Dança Cigana que conhecemos hoje mais popularmente se baseia nas roupas de festa ou artísticas usadas pelas mulheres (principalmente russas e espanholas) do final do século XVIII ao XIX. São saias com bastante roda e que não mostram as pernas. A escolha dos detalhes vai das características da dança de cada região e do gosto de cada dançarina!


A primeira coisa a saber quando escolhemos uma saia cigana é o tamanho. Ela tem que ter no mínimo oito metros de roda, para uma dançarina que usa tamanho P. Saias “médias” podem chegar a 12 metros, e há outras maiores ainda. Ela tem que ter também um corte estilo “godê”, de modo que tenha uma grande abertura do cós ao comprimento. Quanto maior a roda e a abertura, mais bonitos ficarão os movimentos de saia. Um bom teste que você pode fazer é pegar a ponta, dar a volta por trás e segurá-la do lado oposto, na altura de sua cintura. Ficou com sobra? Então está boa. A saia subiu ou não conseguiu dar a volta? Então precisa ter mais roda, ou verifique o comprimento dela.


Outro ponto importante é o comprimento do cós. Ele não pode ficar muito abaixo da cintura, pois isso diminui o comprimento da roda da saia. Aqui, o teste é fazer um movimento de infinito com a saia e verificar se o movimento está grande e você está confortável para fazê-lo ou tem que inclinar o corpo para pegar mais saia.


Os melhores tecidos são os mais maleáveis. Há lindíssimas saias por ai que não giram com facilidade e acabam frustrando suas donas. Tecidos como chiffon e cetim são ótimos. Algodão fica um pouco pesado.


Antes de comprar sua primeira saia, experimente uma saia de alguém para testar como são os movimentos. Na hora da escolha, coloque a saia, balance, gire, sinta.


  • Saias de babado e de bolinhas combinam muito com as danças espanholas.

  • Saias de retalhos e com florzinhas dão um ar de camponesa à sua dona.

  • Saias coloridas, com flores grandes e babados são ótimas para rumbas e danças russas.

  • Saias com uma camada menor em cima, como uma estrela, são comuns entre ciganas inglesas, amigas das bruxinhas de Cardiff.

  • Saias com rendas são muito apropriadas para bailados românticos.

Se a sua saia tem apenas uma cor, coloque enfeites e acessórios para deixá-la mais personalizada!

E não se esqueça! Para não mostrar as pernas é imprescindível que se use um forro, algo como um saiote, da mesma altura da saia. O forro é bem mais justo que a saia, exatamente para não mostrar as pernas quando a gente gira.
Brigitte Angel

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Ciganos Mirins





Como quase todas as linhas de trabalho, a linha dos ciganos é também composta por seus mirins, essenciais para o trabalho. Os ciganos mirins, no entanto, formam uma linha pouquíssima conhecida, fazendo a interseção entre a linha das crianças e a linha dos ciganos. Diferentemente dos erês, os ciganinhos não brincam muito, mantendo uma postura de maior seriedade. Eles gostam mesmo é de dançar.


Quando em terra, se divertem dançando, dando passes e realizando a tarefa principal desta linha: a cura e o equilíbrio. São exímios curadores, trazendo aprendizados milenares de magia, leitura de mãos (ciganinhas), cura, em especial física, e reequilíbrio geral. Podem descer tanto junto a egrégora cigana como junto a ibeijada. Eis aí um dos motivos pelo qual não são percebidos.


Pela calma que passam, não demoram para serem confundidos com ciganos normais. Se assim ocorrer, os mirins tratam de aceitar as denominações, não fugindo dos ensinamentos da casa. Desta forma, dão normalmente apenas o primeiro nome que trazem, não se identificando como mirins. Porém, por terem alguns comportamentos infantis quando descem, podem ser aderidos aos erês, formando o que seria uma ibeijada do oriente cigano, ou seja, se alguém os aceitar como crianças, eles passam a trabalhar e atuar como crianças. O que querem é trabalhar, seja de qualquer forma.


Estão sempre abertos a trabalhar e a se mostrar. Sempre que aceitos, com carinho, eles se apresentam como são com todo o seu amor e sua inocência. As meninas gostam de tiaras e pulseiras, os meninos, de arquétipos próprios de suas raízes ciganas.


Os nomes que dão, assim como com as demais meninadas, é o diminutivo de nomes adultos, exemplo:
Cigana Esmeralda – Esmeraldinha
Cigano Rodrigo – Rodriguinho
Cigano Pablo – Pablinho (Pablito)