Ciganos

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Cigana Kim (Lady Cigana)





Ela se chama Kim, mas é conhecida como Lady Cigana - a Dama das ruas, das estradas e da justiça kármica. Aparenta ser bem mais velha do que é, no entanto, deixou a Terra aos 32 anos, vítima de uma doença sexualmente transmitida. Seu tampão no olho é sua marca de vida e de luta, visto ter perdido a visão direita em uma briga com os homens de farda na defesa do povo cigano. Quando solicitada é preciso preparar-lhe um belo assento aveludado ou acetinado, pois como seu codinome diz, é uma Lady e deseja ser tratada com reverência e respeito.


Faz atendimento na rua, e quem a incorpora deve atender todos os seus caprichos, caso contrário ela cala ou não dá informações coerentes. Lady Cigana foi muito uma mulher muito desejada; os ciganos e os não-ciganos se rendiam aos seus encantos, porém, ela não quer ser agradada com colares, brincos, lenços finos ou xales de renda; sua preferência é por cigarros fortes, bebidas amargas e tamancos de madeira sem sola. Vez por outra ela pede um lenço estampado sem exigir bom material, e velas coloridas, sendo a maioria delas amarela. 


Em todos os seus trabalhos ela pede um tampão preto para o olho e, segundo a Lady, é neste tampão que reside sua magia. Seus encantamentos são direcionados unicamente para mulheres que buscam o amor, e pode ser considerada como uma guardiã dos relacionamentos de quem ela unir e abençoar. Também protege as prostitutas, por quem nutre um carinho especial. Logo quando chega, de forma rude, por vezes grosseira, adverte a mulher que a consulta sobre o lado negativo de seu parceiro. Em sua passagem terrena, a Dama Cigana não conseguiu ser feliz com a pessoa amada.




Mensagem canalizada por mim através da "Minha Cigana" no dia 1 de junho de 2009
Valéria Fernandes

Cigana Tainara


Esta Cigana protege os enfeitiçados, que estão sofrendo contra forças maléficas impregnadas ou as que estão quebrando a força natural da pessoa. Protege a fé, os desesperados, os que sofrem de mal de amor e os que estão em desenvolvimento mediúnico para que não desvirtuem do caminho certo.


É de origem Árabe, do Sudoeste da Ásia, de uma região em que os Ciganos paravam para descansar antes de seguir viagem rumo à Espanha. Provavelmente é de um Clã chamado “Churary” (fala-se tchurrary), que é especialista na arte de forjar facas e provavelmente trabalha com elas, ou as tem na cintura. Esta Cigana não é nova de idade, diria meio termo. Em vida precisou se esconder por causa de seus feitiços, é uma cigana feiticeira, quase bruxa, por isto esconde o rosto. Ela conta que atendia à todos sem distinção, por isto foi perseguida por nobres e reis, que queriam que ela fizesse feitiços somente para atender aos propósitos delas e ela atendia a todos que dela precisavam.


O fundamento de sua magia, é a fumaça e o vento. De fogueira, vela (colorida), cigarrilha, cachimbo e incenso, na fumaça com um leque, ela trabalha para os mais diversos casos. Faz magias para cura (de depressão, males do corpo físico), cura espiritual, perseguições físicas e espirituais, amansar amores, união de pais e filhos. Ela não é simpática, se preocupa em ser muito verdadeira. Fala pouco, ri raramente, somente quando esta muito satisfeita, sua dança é estranha, sempre com algo que possa enfumaçar e fazer magias. É bonita mas dá um certo medo. Suas especialidades são passes e magias diversas.


Não usa jogo. Analisa o rosto das pessoas. Embora tenha mão para qualquer oráculo. Não gosta de falar nem de dar conselhos. Aceita véus e lenços de presente, sua cor é a vermelha. Quando ela chega o tempo fica atemporal (parece que o tempo pára), e ficamos sem noção de tempo também. Sua magia é maior quando o médium esta dormindo, pois ela avisa por meio de sonhos o que irá acontecer, mesmo que a pessoa não se lembre do sonho, ela fica sabendo por intuição. A Cigana Tainara quando esta na terra incorporada, o médium ganha uma expressão madura, férrea, forte, sem perder a elegância e suavidade. Porém as pessoas percebem a força que tem esta cigana, somente no modo dela olhar, pois o médium muda completamente.


Ela sempre trabalha com uma faca, uma coisa para fazer fumaça, e um leque. O leque e a faca geralmente estão juntos na cintura. Assim ela dá passes sem nada dizer. Mas quando ela tira o leque da cintura, começa a fazer sinais aos Ciganos incorporados, encarnados e do astral, ela abana o consulente com o leque e é sinal de que a pessoa esta carregada, mais que ela ajudará na resolução do problema.

Obs: Ela prefere ajudar aos que estão mais necessitados. Deixando os outros consulentes com problemas menos graves para suas irmãs e irmãos ciganos cuidarem. Ela não vem sempre à terra, a não ser que seja preciso, ou esteja satisfeita.

Cigano Velask



O Cigano Velask tem origem Tunisiana. País do norte da África, limitado a norte e a leste pelo mar mediterrâneo, através do qual faz fronteira com a Itália. Em sua vida andou muito pela Europa, e também pela Índia. O que faz com que ele tenha várias influências, que refletem muito no seu jeito peculiar de ser.


As magias do norte da África, dos feitiços Mouros, o acervo mágico dos Barôs Italianos e Espanhóis, além da grande sabedoria dos encantadores e Magos Indianos, fazem parte do jeito de ser deste cigano. Aprendeu com sua família, a não se revelar, por causa das perseguições que sofreram na época. Muitos acreditam que ele seja integrante do Clã Márcovitchs, por causa do jeito com as várias fórmulas mágicas que faz, coisa muito comum nesta natsya. 


Desde criança teve de “enfrentar” sua grande paranormalidade, e capacidade analítica, que o fizeram traduzir ao longo de sua vida muitas situações em que ficou mal visto a princípio, mas logo as pessoas viam que ele estava certo. Com seu pai, aprendeu que o “espírito das ervas”, ou seja suas propriedades curativas, são de grande poder e que podem interferir, curando ou fazer adoecer os viventes. Em todos os lugares que passou, prestou auxilio a ciganos e gadjes, com a sua sabedoria a respeito das folhas. 


Sua história mais conhecida, foi quando conheceu uma feiticeira arabesca, que conhecia tão bem quanto ele os segredos do poder das plantas e por quem ele se apaixonou perdidamente. A mulher era viúva e vivia sozinha, porém ela tinha motivos para que fosse assim. Ela o recusou sistematicamente. Ele insistia. Até que um dia, ele desrespeitando o poder das plantas fez uma poção para hipnotiza-la, e levou ate o seu encontro com um presente também feito por ele, que era um perfume também magiado. O perfume de pétalas orvalhadas de girassóis e rosas, encantou a mulher, e por isso ela acabou bebendo a poção.


Dado as horas em que conversavam, e que ele aguardava para poder estar na intimidade dela, e após estar gozando a existência no corpo dela, ela fez a revelação. Ela quando neófita de magia, havia se envolvido com um homem comprometido, e feito uma magia para separar ele da pessoa do coração dele, que era mestra em magia moura, esta mulher, traída e sofrida, fez uma contra magia na comida, e ele de tão magiado acabou morrendo.


Sendo assim ela havia jurado ao universo que jamais se envolveria amorosamente com mais ninguém, pois senão o universo poderia tirar o poder que ela tinha,e também pagaria com a própria vida. Ele ficou estupefato, se perguntando mentalmente porque sua intuição, havia falhado, porque ele não havia tido aviso. Ela respondeu, que quando a pessoa fica obcecada por uma ideia, seu poder mágico se afasta, até que o equilíbrio se re-estabeleça. Então Velask entendeu. Logo a arabesca, começou a desenvolver vários tipos de mazelas, ele por mais que tentasse não conseguia êxito no tratamento dela.

Ela estava muito serena, pois ela já sabia que teria que deixar o corpo muito brevemente, por causa de seus atos. E ele sentiu que “prostituiu” as plantas para que seu desejo pessoal fosse satisfeito, sendo assim após a morte da feiticeira, ele ficou recluso sofrendo de insônia por muitos anos, até que uma Bari árabe, deitou as lâminas, e falou. Você esta perdoado, daqui para a frente terás vida normal, porém nunca se esqueça, de sempre respeitar a opinião do outro, pois lançar mão de artes mágicas para conseguir o que queremos, pode ter conseqüências muito desastrosas. 


Quando se sentir obcecado por uma ideia, lembre, que o que juntamos na magia, esta abaixo e esta acima, e nunca devemos atrair forças descontroladas, pois a conseqüência nos acompanhará pelo resto da existência da alma.

Cigana velha Danka Kalila




Uma velha com roupas desbotadas, lenços de diferentes cores cobrem sua cabeça ou estão amarrados em sua cintura. Ela exala o mesmo cheiro que pergaminhos antigos mofando em uma biblioteca exalam. Quando ela sorri, e raramente o faz, um leve perfume de rosas num dia chuvoso se eleva.

Seu violino surge como se nunca esteve ali antes, e suas músicas de cigana são depressivas, lentas, verdadeiros réquiens.

Danka sempre dá aos seus ouvintes e aliados algum presente simbólico. Às vezes são cartas de tarot, outras pequenos colares feitos de linhas de cores diferentes amarradas.

Quando ela escolhe alguém para combater, ela o presenteia com uma adaga que diz ser dos seus ancestrais e que sempre encontra o sangue certo para se embainhar em vingança.

Hierarquia Cigana




Para entender a estrutura da família cigana, é preciso entender a mulher cigana. É a mulher cigana que carrega os dons mediúnicos, sendo assim, por mais importante que o homem seja na hierarquia cigana, normalmente ele não decide nada sem a ajuda de uma cigana. A hierarquia e os cargos são divididos da seguinte maneira:

Melichs – Kalinata/ Ratói - Manouche,Puri Day, Shuvani - Barô, Babá.

O melich (que em romanês quer dizer ajudante ou auxiliar), são os crianças, iniciadas geralmente aos 7 anos, eles são responsáveis pelo cuidado das ofisas, mesas, tchaios e aparatos mediúnicos em geral.

O cargo de kalinata e Ratói deve ser dado após o fim do Khértia Drom e pode se estender durante até 30 anos do servir, embora muitos aos 20 anos já se mobilizem e trabalhem dentro dos cargos superiores, mas sem voto dentro dos acampamentos, sempre só utilizando a dar conselhos. Ambos podem ministrar o Khértia Drom. Dependendo da pessoa e do trabalho que ela exerça tanto espiritual quanto de ramasordé, é o cargo que a maioria dos ciganos ficam a vida inteira e quando mudam de função acabam não largando as tarefas, visto que estão tão acostumados que já fazem naturalmente. A Kalinata (mulher) ou Ratói (homem) tem aqui as mesmas funções que é cuidar para que tudo aconteça dentro do trabalho espiritual ou de kumpania. Verificam a segurança do acampamento, ou tsara espiritual, cuidam dos que guardam (espíritos), de todos os aparatos, dão ordens aos Melichs, são os olhos e ouvidos dos Barôs e Bábas.

São os mais cobrados tanto espiritualmente quanto nos seus acampamentos de origem. Um Barô ou Bába, se verem algo errado chamarão um deles e os encarrega de resolver o problema, as Vourdakies devem ser realizadas por Kalinatas e Ratóis, que devem conhecer seus fundamentos profundamente. 

Dificilmente durante o exercer deste cargo se opõem ou desobedecem às ordens dadas. A Kalinata (que em romanes quer dizer “Operária”), é uma mulher que quando exerce seus conhecimentos com padrão de comportamento impecável, são pessoas muito consideradas, e tem autoridade para chegar ate o Barô sem marcar, independente de ela ser mãe ou não, que é uma coisa que dá autoridade a mulher.

Embora ainda sem voto, são ouvidas porque estão dentro da kumpania ouvindo a todos. O Ratói (que em romanes que dizer “Sabedor”) é o homem que decide junto da kalinata tendo as mesmas atribuições. Astralmente e fisicamente é o homem que coloca verdadeiramente as mãos para resolver o que deve ser feito.
As fogueiras são tarefas exclusivas dos Ratóis, tanto a arrumação, quanto acendimento e definição do que fazer com as cinzas que geralmente são entregues as Kalinatas. 

Após 20 anos ativos e com autorização pedida e dada, ou 30 anos ativos sem pedidos de autorização, tanto a Kalinata quanto o Ratói, podem passar pelos ritos de Roti Diena e serem chancelados por um Barô ou Bába, para ter outras atribuições. A mulher Kalinata, terá um grau nesta estrutura diferente do homem, depois do Roti Diena, ela conforme o clã e origem ela receberá a função de Manouch (que em romanes é nome de clã e quer dizer feiticeira), Puri Day (que em romanes quer dizer Matriarca, sua palavra é chanceladora, principalmente na magia), Shuvani (que em romanes quer dizer Sacerdotisa, que trabalham na Ramasordé). Todas terão a mesma atribuição, orientar as kalinatas, Ratóis e Melichs. Exercer voto, direitos a palavra, a ramasordé, e a se casar sem autorização do Clã. Assim como ministrar o Roti Diena. O homem não passa por este estágio intermediário, ele é logo chancelado Barô.


Por isso os ritos diferenciados e separados. Apenas em toda a estrutura encarnada, um clã dispensa estes ritos, que são os Kalons Latatcho ( aqueles que nascem prontos), que são tidos nos clãs astrais, como prontos para o trabalho espiritual. Após 15 anos as Manouchs, Puri Day e Shuvanis, podem ser indicadas para ocupar o cargo de Bába.

A Bába que tem tanto poder quanto o Barô embora necessite da concordância dele para casos mais graves, tem poder de autorizar, mandar, esclarecer, definir e outras atribuições, somente sendo esclusa do Kris Romani, onde somente homens podem estar.

As pessoas que exercem a função de médium poderão após autorização astral, passar pelos ritos de preparo para o trabalho astral, embora possam exercer os cargos de Melichs, Kalinata / Ratói, Manouche / Puri Day / Shuvani, nunca serão chancelados Barôs e Bábas. Os espíritos que dirigem as tsaras é que tem estes títulos. Não existe Barô e Bába que não sejam ciganos de sangue. O dirigente independente do sexo será chamado de Jutsi (que em romanes quer dizer “Soldado”).

Cigano Manolo



De origem Italiana, viajou pelo mundo os lugares que mais ficou foi Ásia e Turquia . É um velho Barô, detém a magia das palavras.

Gosta de cores fortes, agarra numa conversa como ninguém , e dá ao seus protegidos o dom de convencer, o dom oratória.

Atende a todos os clientes conversando e, devido a sua própria capacidade analítica, consegue mostrar os prós e os contras de cada questão.

Poucos consegue enganar Manolo , ele aconselha com justiça e força.
Em clãs e tsaras, sua presença no kris (conselho) espiritual é indisponível , pois sempre cabe a ele a decisão (sempre acertada) .

Não tem medo de desagradar, compreende a alma humana, não guarda rancor, ajuda a todos com a magias feitas pelas a ciganas que estão sob seu comando.
Estas são responsabilizadas quando algo não dá certo, pois para fazer parte do clã de Manolo, é preciso conhecer magias e faze-las com destreza.

Cigana Ilarim



Ilarim era morena, cabelos pretos e olhos negros. Nasceu em Punjab, na Índia. Seu grupo partiu para Turquia e ali Ilarim desencarnou. Teve os pulmões afetado e veio a falecer com 15 anos. O lugar onde o Cigano faz a passagem é a sua Pátria. Porém seu espírito continua com o seu grupo, que mais tarde emigrou para Portugal, Espanha e chegou ao Brasil. 


Foi então que Bel-Karrano, deu o consentimento para ela entrar na áurea das mulheres não ciganas. Ilarim ajudou muito seu grupo em fugas, por isso ela tem a magia de ajudar os necessitados. Adora roupas indianas, gosta de frutas, comidas picantes, assados com frutas em caldas, hortelã picado numa taça com vinho branco, perfumes e flores do campo.


Usa um anel com diamante e costuma dizer que esta pedra é a purificação da cabeça do corpo e da alma. Essa cigana tem a muita magia e encanto. No fundo é uma feiticeira.


Sua família era tradicional no comercio de jóias, eram bedónis que se fizeram bastante presentes em toda a Andaluzia. Ela tinha o mesmo jeito brejeiro que tem hoje, mas com uma visão “extra” que assustava ate mesmo os que não queriam crer no que ela dizia. Ela tinha uma ligação muito forte com os anjos e arcanjos, mesmo sem ninguém ter ensinado. Adormecia pessoas, descobria segredos, fazia aparecer objetos perdidos.


Não foi iniciada nos ritos tradicionais do “Khértia Drom” e nem no “Roti Diena”, foi autorizada pelo Barô assim, foi considerada um Latatcho (que em Romani, quer dizer “aquele que nasce pronto”, e participava de todas as iniciações como preletora. Sendo que nos primórdios, colocou alguns ensinamentos nestes ritos que abrilhantaram ainda mais a vida de quem se submeteu a eles. Sendo o Roti Diena praticamente aperfeiçoado por ela. Como até hoje este é um dos ritos mais difíceis de se executar (pois existem poucos habilitados que também passaram por isso nos acampamentos, para isso), ela trouxe para o primordial Roti, Vida!


Seus poderes eram muito mentais, muito falante e meiga, tratava todos com muito carinho, mas buscava incessantemente saber o que ia dentro de cada um. Sendo assim e como sempre acontece, veio até ela de muito longe um Joneshti, um moldovio, para ser iniciado no Roti Diena, ela se encantou logo que o viu! Lembrando dos olhos dele. Logo viu que aquele aquele cigano podia bem traze-la na palma da mão, ele não foi indiferente, embora preocupava-se com o rito para o qual viera de tão longe, ficou encantado sabendo-a proibida.


Ela sempre trabalha abraçada com as rosas vermelhas, pois esta simboliza o amor. E é isso que Ilarim quer espalhar o Amor e o Crer para ver!

Seu principal ditado é: Creia antes de pedir!

Significados de alguns nomes Ciganos


Uma das peculiaridades do Povo Cigano é batizar suas crianças com nomes que revelam algum valor particular em seus clãs, seja para exaltar algo ou alguém, para transmitir votos ou para atrair as características inerentes ao significado de cada nome.

Eis alguns destes nomes com seus respectivos significados para que ao encontrarmos um Cigano (a), seja este do Universo Espiritual ou não, possamos ter noção da mágica energia que envolve sua identidade.


  • Cigano Ramirez: Guerreiro Ilustre
  • Cigana Esmeralda: A Preciosa, Verde Brilhante
  • Cigana Alba: Branca, Alva
  • Cigana Alzira: Ornamento, Beleza
  • Cigana Amapola: Bela Flor
  • Cigana Aurora: Deusa Da Manhã
  • Cigano Bóris: Batalhador, Forte Guerreiro
  • Cigana Carmen: Poema, Poesia, Versos
  • Cigana Carmecita ou Carmela: Jardim Divino
  • Cigana Constância: De Caráter Forte
  • Cigano Cristiano: Cristão
  • Cigana Dalila: Mulher Dócil
  • Cigano Diogo: O Conselheiro
  • Cigana Dolores: Lamentações
  • Cigana Florisbela: Bela Flor
  • Cigano Gonçalo: Salvo na Guerra
  • Cigano Iago: Aquele que vence
  • Cigano Igor: Príncipe Da Paz
  • Cigana Jade: Preciosa
  • Cigana Jasmim: Flor Jasmim
  • Cigana Leoni: Leoa
  • Cigano Manolo: Deus Está Conosco
  • Cigano Miro: Fragrância de Mirra, Pessoa Maravilhosa
  • Cigana Natasha: Dia Do Nascimento
  • Cigana Nazira: Pessoa Distinta
  • Cigano Nicholas ou Nikolai: Povo Vitorioso
  • Cigano Ramon: Protetor Poderoso
  • Cigano Ruan ou Juan: Deus é Poderoso
  • Cigana Sara: Princesa
  • Cigana Soraya: Estrela Da Manhã
  • Cigana Samara: Protegida por Deus
  • Cigana Tâmara: Fruto Doce
  • Cigano Tarim: Capricho Vitorioso
  • Cigano Valter: Comandante do Exército
  • Cigano Vladimir: Regente
  • Cigana Zafira: Graciosa
  • Cigana Zaíra ou Zaira: A Visitante, A Florida, De Pele Brilhante

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Culinária Cigana



Na culinária cigana são indispensáveis: o cravo, a canela, o louro, o manjericão, o gengibre, os frutos do mar, as frutas cítricas e as frutas secas, o vinho, o mel, as maçãs, as peras, os damascos, as ameixas e as uvas que fazem parte inclusive dos segredos de uma cozinha deveras afrodisíaca.



Pratos Tradicionais


Armiana: Salada de alface (em rodelas) com champignon; queijo de cabra, cenoura, beterraba (em pedaços) e berinjela frita (em tiras).

Enfeitas com uvas-passas, raminhos de hortelã e pétalas de flores.

Assados: Pernil de carneiro (Bakró); Pernil de leitão (Baló); Cabrito frito com arroz e brócolis (ou lentilha ou nozes); e/ou roletes de carne bovina ou frango com pedaços de cebola, pimentão (verde e amarelo) e tomate.

Brynza: Queijo de cabra (cru ou frito).

Chivuiza: Destilado à base de trigo (espécie de aguardente).

Civiaco: Torta salgada ou doce.

Manouche: feijões vermelhos grandes, pedaços de carne e de ossos de pernil de porco, alhos-porós em pedaços, salsão com as folhas em pedaços, alhos comuns inteiros com casca, cenouras e batatas cortadas em pedaços grandes, sal e pimenta-do-reino (moída na hora) à gosto; arroz branco que deve ser incorporado na última etapa do cozimento.

Goulash: Cozido de arroz, batata, pedaços de carne bovina e páprica ardida.

Malay: Pão de milho.

Manrô/Lolako: Pão redondo de Farinha de Trigo.

Mamalyga: Polenta.

Naut: Grão de Bico com linguiça.

Paprikach: Costela defumada (bovina ou suína) e bacon ao molho vermelho de tomate e pimentão com batatas pequenas, cozidas (na casca) e páprica doce.

Papuchá: Pirão de Milho.

Sifrite: Ponche de Frutas com Champagne, Vinho e/ou refrigerante.

Enfeitar com pétalas de rosa

Sarmá: Arroz com lentilha, carne seca desfiada e nozes.

Sarmy/Salmava: Charutos ou Rolinhos feitos em folhas de repolho recheados com lombo ou carna bovina moída, azeitonas, bacon e molho dourado; e/ou em folha de uva com recheio de bacalhau.




Para os Ciganos cozinhar é muito especial porque através da comida acredita-se que uma pessoa pode encantar a outra. Cada ingrediente utilizado pelo cigano no preparo de sua comida leva consigo um sentido próprio, um desejo, um objetivo.As fazes da lua, são muito importantes para o preparo da comida cigana.Na Lua Nova: é de boa energia para terminar trabalhos inacabados ou começar projetos que queremos que deem resultados imediatos.


Na Lua Crescente: Os Ciganos cozinham para aqueles que devem tomar conhecimento de seus projetos, trabalhos e também para o casamento, noivados. É nesta lua que são colhidas as ervas e especiarias, caso seja cultivadas em horta doméstica.

Na Lua Cheia: Os Ciganos reúnem as pessoas mais queridas para servi-lhes os alimentos encantados esperando os melhores comentários. Também é a lua melhor para lançar um produto e também iniciar um projeto que desejamos que se torne público.

Na Lua Minguante: Dedicam a cozinha para a cura. Fazem os remédios caseiros utilizando as ervas, raízes, sementes, frutas e flores. Na cozinha cigana estão inclusos. As carnes de porco, frango e boi que são as mais utilizadas. Utilizam também muitas especiarias e temperos de diversas partes do mundo, como, frutas, nozes e amêndoas que estão sempre presentes em diversos doces. Também são utilizados o ovo, manteiga, queijo e frios. As massas são de fabricação caseira e os pães são feitos ritualisticamente para ser oferecidos como alimento do corpo e do espírito.

Na Lua Nova: é de boa energia para terminar trabalhos inacabados ou começar projetos que queremos que deem resultados imediatos. 













Oráculo das Moedas


Versão Oriental


Na hora de tomar uma decisão, às vezes banal, muita gente pede ajuda às moedas, sem saber que o simples e divertido jogo de cara ou coroa teve origem num método de adivinhação chinês conhecido há milhares de anos. Na versão oriental desse jogo, que você vai conhecer agora, são usadas duas moedas iguais. E cada uma das faces ganha um valor: cara vale 3 pontos, e coroa vale 2 pontos. Para tirar a sorte, você deve agitar as moedas nas mãos, enquanto se concentra e faz uma pergunta mentalmente. Depois é só jogá-las numa superfície plana por três vezes seguidas. A soma dos resultados obtidos é o número que dá a resposta certa para a sua pergunta. Exemplo:


Digamos que você já jogou as duas moedas por três vezes e a primeira jogada deu cara (3) + coroa (2) = 5; a segunda deu cara (3) + cara (3) = 6; e a terceira deu coroa (2) + coroa (2) = 4. A soma dos três resultados (5+6+4) é igual a 15, o número que corresponde ao seu destino e cuja interpretação você lerá adiante. Um lembrete importante: as respostas desse jogo são dadas de maneira simbólica. Por isso, podem se adaptar a diversos problemas e resolver desde questões amorosas até as que envolvem dinheiro e profissão. Então, procure interpretar cada resultado de acordo com a dúvida que você formulou para as moedas.



Resultados possíveis e respectivas interpretações:


12 pontos – O amanhecer - A felicidade está muito próxima. As moedas anunciam uma fase de surpresas, em que você poderá realizar grandes projetos. Não é bem o que você tinha planejado, mas ainda assim se trata de um período propício. Abra seu coração e prepare-se para esse novo tempo.


13 pontos – A luz do sol - Este resultado indica a necessidade de ser prudente para poder evoluir pelo caminho certo. É o momento de refletir profundamente sobre todos os aspectos da vida e só então tomar as decisões. Você viverá paixões passageiras, mas os amigos que surgirem ficarão para sempre.


14 pontos – A espada - Um choque de interesses pode provocar conflitos desagradáveis. Por isso, tome muito cuidado para não demonstrar suas emoções. A discrição será fundamental nesse período. Aceite a ajuda dos amigos e não se preocupe: os problemas não serão tão graves assim.


15 pontos – A vitória - O Sol sobre o seu horizonte irá brilhar com muita intensidade. Todas as dificuldades e obstáculos serão superados, e você caminhará triunfante para o sucesso. E, entre surpresas e alegrias, poderá finalmente comemorar a vitória pela qual vinha lutando há tanto tempo.


16 pontos – A reunião - Começa um período de entendimento com a pessoa amada e os familiares. Pessoas queridas voltarão ao seu convívio e trarão grandes alegrias. A felicidade reinará novamente e os medos serão eliminados. Brigas serão esquecidas e o equilíbrio será restabelecido.


17 pontos – O ramalhete - Eis um claro indício de que boas notícias irão chegar, sob a forma de presentes ou um convite. Haverá uma proposta sedutora, que você não deve recusar. É hora de utilizar as riquezas que vinham sendo guardadas e desfrutas da boa saúde e da estabilidade financeira.


18 pontos – O crepúsculo - A valorização dos sentimentos será o mais importante nessa fase. As conversas levarão a um entendimento que irá aprofundar o afeto. O amor será favorecido e a Lua irá proteger os namorados. Harmonia e compreensão, num período em que os segredos serão guardados.


Versão Ocidental


Pedras, contas, pedaços de metal, ossos e finalmente moedas foram utilizadas pelo homem, ao longo dos milênios, para estabelecer contato com o plano superior e, através desses materiais, buscar alterar sua sorte ou mudar seus caminhos. É interessante como isso é tao enraizado na mente popular, mesmo nos dias de hoje. O uso da margarida, na célebre simpatia do “bem me quer, mal me quer” é um exemplo disso. Além dessa, há a de “tirar a sorte” com uma moeda, antes de tomar uma decisão e muitas outras com o objetivo de auxiliar num momento de indefinições ou de aflição. 

Pesquisando as Simpatias Populares, deparamo-nos freqüentemente com detalhes que até então haviam passado despercebidos. Um deles era a existência de simpatias específicas, utilizando moedas, sempre em números ímpares, uma, três, cinco e sete. Simpatias que abrangem as mais diversas situações e que vem somar as demais, como a das velas, do baralho, dos salmos e tantas outras, que formam grupos específicos.Facílimas de serem feitas, pois não exigem mais do que um máximo de sete moedas iguais no metal e no valor, as Simpatias das Moedas resgatam um conhecimento antigo e muito interessante.



1 - PARA CONQUISTAR UM GRANDE AMOR


Se você está cansado de procurar por sua alma-gêmea, sem conseguir ao menos uma pista dela, não se desespere. Tenha sempre em mente que as coisas mais valorizadas são sempre aquelas mais difíceis de serem alcançadas. No amor é o mesmo caso. Sua alma-gêmea pode não estar longe, esperando apenas um pequeno detalhe para entrar em sintonia com você. Para conseguir isso, faça a seguinte simpatia. Ao meio dia de qualquer dia da semana, exceto terça e quarta-feira, com o céu bem limpo, pegue uma foto sua e coloque-a sobre a terra.Sobre ela, formando uma estrela de cinco pontas, coloque cinco moedas iguais de cobre, com a coroa para cima. Deixe até o entardecer. Repita por três dias seguidos.

Nota: Um registro muito antigo alerta para o fato de, nos outros dias, o sol poder estar encoberto por nuvens, o que descaracterizaria a simpatia e forçaria seu cancelamento e reinício num período posterior. Alguns tratados mágicos, no entanto, defendem que o Sol pode ser substituído, nos dias seguintes, por uma vela amarela acesa na parte superior da fotografia. Recomendam que se cancele a simpatia se estiver chovendo no momento ou se chover no decorrer do dia. Se isso acontecer, diz que é um ótimo sinal e que tão logo o sol surja novamente, a simpatia deve ser refeita, só que daí substituindo as moedas de cobre por outras de prata.


2 - PARA SUPERAR UMA PERDA


É difícil conviver com uma perda. Não importa o que se diga ou se faça, o sentimento que permanece é de um vazio que angustia e causa sofrimento.Segundo os antigos, você não deve resistir ao sofrimento, mas aceitá-lo e chorar se tiver que chorar, gritar se tiver vontade de gritar.Além disso, há uma simpatia muito praticada na Europa nos períodos de guerra,quando as perdas materiais se somavam as perdas de entes queridos, gerando um sofrimento quase insuportável.Para ser eficiente, não deve ser comentada com ninguém e ninguém deve saber que você a fez. É simples. Seja lá o que você tenha perdido, numa segunda-feira pela manha, pegue um prato branco e encha-o de terra até a borda.

Disponha dentro dele sete moedas de prata, com as coroas voltadas para cima, próximas da borda e mais ou menos a mesma distância uma da outra. Deixe o prato sobre um móvel de madeira. Concentre-se no que perdeu e comece a imaginar alternativas e caminhos a seguir. Nos sete dias seguintes, pela manhã, ao passar pelo prato, gire-o ligeiramente da direita para a esquerda, pelo espaço que separa uma moeda da outra, enquanto se concentra na perda e no que vai fazer daí em diante. Vá fazendo isso diariamente, de forma que, após sete dias, o prato retorne a posição inicial. Feito isso, retire as moedas e atire a terra num jardim, ao redor de uma planta sem espinhos.


3 - PARA RELAXAR


Algumas simpatias são realmente surpreendentes em seus resultados, muito embora simples de serem feitas. Esta é uma dessas, particularmente indicada para quem anda muito tenso, coisa muito comum nos dias de hoje. Para conseguir relaxar o corpo e se livrar das tensões, fique com o tronco desnudo, deitado(a) na penumbra, num local tranqüilo. Se for possível ouvir música clássica suave, melhor ainda. Fixe uma vela branca no centro de um prato branco e coloque água até as bordas, mas sem derramar. Acenda a vela e se deite.

Coloque cinco moedas de prata em seu corpo, obedecendo a seguinte ordem: a primeira, com a coroa voltada para cima, em sua testa. A segunda, com a coroa também voltada para cima, um pouco acima do mamilo direito. A terceira, da mesma forma, acima do mamilo esquerdo. A quarta, da mesma forma, sobre o umbigo e a última, com acara voltada para cima, sobre a região genital. Deixe um copo de água fresca ao seu alcance. Se você sentir que uma das moedas está mais quente que as outras, molhe os dedos na água e borrife a moeda. Fique assim até a vela se apagar. Você pode fazer esta simpatia uma vez por semana, mas jamais deve fazê-la dois dias seguidos.


4 - PARA CONSEGUIR ATENÇÃO


Em qualquer setor da vida humana, receber atenção é quase que uma necessidade. Seja de um vendedor numa loja, dos pais, dos entes queridos, do patrão, dos colegas e das outras pessoas em geral. Todos gostam de ser respeitados e tratados adequadamente, coisa que nem sempre acontece, no entanto. Você pode estar, neste momento, tentando chamar a atenção de uma determinada pessoa, mas não sabe como fazer isso. Se for esse o seu problema, deixe a cargo das simpatias a solução, fazendo o seguinte, com bastante fé: A noite, de preferência após a lua estar visível no céu, pegue uma foto sua e coloque-a deitada sobre um suporte de madeira ou de um móvel.Sobre ela, coloque uma três moedas de prata, obedecendo a seguinte disposição: a primeira no alto, acima da cabeça.


As outras duas na parte inferior, uma a direita outra a esquerda. Todas elas devem estar com as caras voltadas para cima. Deixe ali por sete noites seguidas, a contar da primeira. Na sétima noite, retire as moedas e passe a carregá-las consigo embrulhadas num lenço branco. Verá como terá toda a atenção de que precisa.


5 - PARA TER SORTE


Sorte é uma coisa muito complicada e muito pessoal. Enquanto que alguns acham que sorte é ganhar na loteria, outros acham que sorte é simplesmente estar vivo por mais um dia. Assim, as simpatias que tratam da sorte são sempre muito controvertidas, muito embora, de um modo ou de outro, eficientes, pois mesmo um resultado adverso numa determinada situação pode significar um ganho futuro. Afinal, não é a toa que dizem que “Deus escreve certo por linhas tortas”.


Se você deseja sorte na vida, não em termos de ganhos materiais, mas em termos de felicidade, paz, harmonia e recompensas de caráter espiritual, faça o seguinte: Sempre que for assistir a uma missa, e isso deve ser feito pelo menos uma vez por mês, leve consigo três moedas do mesmo valor. Após a missa, coloque-as na caixa de esmolas da igreja, só que, ao introduzi-las na fenda, mantenha a coroa voltada para você. Repita mentalmente o seguinte, para cada moeda posta na caixa: Pouco com Deus é muito Muito sem Deus é nada.


6 - PARA UMA IDEIA DAR CERTO


Fazer planos, projetar, sonhar, imaginar e pensar no futuro são coisas que todo ser humano gosta de fazer. Muitas vezes, idéias interessantes e fadadas ao sucesso surgem nesses momentos, que devem ser valorizados. Se nesses momentos você tiver uma ideia e sentir que ela é viável, necessitando, porém, de trabalho e dedicação para atingir o sucesso ou mesmo se vai iniciar um projeto ou um novo relacionamento, faça a seguinte simpatia:


Pegue cinco moedas, toda de aço inoxidável, com as caras voltadas para cima e disponha-as num prato, formando uma estrela de cinco pontas. Sobre elas, derrame farinha de trigo e açúcar. Cubra com um pano branco e guarde num local alto de sua casa. Trabalhe em sua ideia. Verá como as coisas irão fluir mais facilmente. Quando estiver satisfeito, retire o prato e lave-o em água corrente.


7 - PARA DESPERTAR UMA GRANDE PAIXÃO


Muitas simpatias, ao longo do tempo, foram feitas sem que as pessoas a quem fossem dedicadas tivessem tomado o menor conhecimento delas. Grandes paixões foram despertadas assim, sem a menor suspeita da parte de quem foi objeto da simpatia. Discute-se se isso é ético, honesto e moral. É difícil dizer. Ninguém pode dizer que não beberá dessa água, pois cada um sabe onde lhe aperta o calo. Assim, as simpatias existem a despeito de qualquer controvérsia nesse sentido.


Neste caso em particular, se você quer que uma pessoa lhe dedique uma paixão arrebatadora, aproxime-se dela numa noite de sexta-feira, na Lua Cheia, e faça com que uma moeda de ouro, com a coroa voltada para a pessoa, seja pressiona da ligeiramente a altura do peito dela. Apenas isso. Não deixe que ela perceba a moeda nem jamais conte a ela sobre isso.


8 - PARA GANHAR DINHEIRO


Dizem que trabalhar e ganhar dinheiro são coisas completamente diferentes, pois quem trabalha não tem tempo de ganhar dinheiro. São pontos de vista e, por isso, questionáveis. Como palavrório não enche barriga, o melhor mesmo e deixar a discussão para lá e apelar para uma simpatia popular, esta, sim, aprovada pelo uso ao longo do tempo.


Esta é muito simples. Se você quer ganhar dinheiro, só que fruto de seu talento e de seu trabalho, pegue uma moeda de prata cuja dada coincida com a do anodo seu nascimento. Não a fure. Mande fazer um pingente sem danificar a moeda e passe a usá-la constantemente, numa corrente também de prata.

Nota: Os romanos antigos acreditavam que uma moeda de ouro funcionaria melhor do que a de prata, pois o ouro simbolizaria o sol, fonte de luz, calor e vida.Estudos místicos, no entanto, concluem que a lua rege melhor as coisas da fortuna, pois possui um poder de atração sentido mais de perto pelo habitantes da Terra.



9 - PARA AUMENTAR SEU CÍRCULO DE AMIZADES


Amigos são importantes na vida de qualquer um. São os irmãos de afinidade que nos ajudam a tornar a vida mais aceitável, apoiando-nos e auxiliando-nos muitas vezes de forma mais efetiva que nossos próprios parentes. Por isso, não há quem não queria ter em quantidade, todos sinceros e atuantes. Para conseguir isso, é preciso saber diferenciar o joio do trigo, pois ninguém tem estrela na testa é difícil ler o coração das pessoas. 

De qualquer maneira, para se prevenir, você pode fazer a seguinte simpatia: Quando o sol estiver nascendo, disponha seis moedas em círculo, sobre um pedaço de madeira, todas iguais e com a coroa voltada para baixo. Elas devem ficar a uma distância igual uma da outra. No centro delas coloque uma sétima moeda, com a coroa voltada para cima. Cubra com um pano branco e deixe ao sol por todo o dia. Antes de escurecer, retire as moedas e guarde-as, embrulhadas no pano branco, numa gaveta ou caixa de madeira.



10 - PARA TIRAR A SORTE COM AS MOEDAS



Estas simpatias já foram muito populares antigamente e hoje em dia se encontram meio que no esquecimento, muito embora sejam facílimas de serem usadas e suas indicações são realmente surpreendentes. Há basicamente quatro maneiras de serem feitas. Jogando apenas uma moeda, três moedas, cinco moedas e, finalmente, sete moedas, observando em seguida a configuração formada. Para isso, basta que você analise a dúvida que tem e verifique qual das simpatias deve ser tentada, já que vão das resposta mais simples as mais complicadas, consultando as informações abaixo. São as seguintes:



Uma Moeda: COROA, Significa “sim” e CARA, Significa “não”.
Três Moedas: Três coroas, Significam “sim”.
Duas coroas: Significam “pense bem antes da decisão”.
Uma coroa: Significa “o risco é muito grande”. Nenhuma coroa, Significa “não”.
Cinco Moedas: Cinco coroas,Significa “sim”.
Quatro coroas, Significa “pode haver alternativa melhor”.
Três coroas: Significa “busque maiores informações antes da decisão”.
Duas coroas: Significa “pense antes da decisão”.
Uma coroa, Significa “o risco é muito grande”.
Nenhuma coroa, Significa “não”.
Sete Moedas: Sete coroas, Significa “sim”.
Seis coroas: Significa “há alguns detalhes incertos, mas o resultado é promissor”.
Cinco coroas: Significa “tem tudo para dar certo”.
Quatro coroas: Significa “pode haver melhor caminho”.
Três coroas
Significa “há detalhes mal explicados”.
Duas coroas: Significa “pense um pouco mais”.
Uma coroa: Significa “é muito arriscado”.
Nenhuma coroa, Significa “não”

Dominomancia (Adivinhação com o Dominó)




A origem do dominó é bastante incerta. Há quem diga, porém, que estas pequenas peças foram inventadas na China e que, no início, não constituíam propriamente um jogo, mas eram usadas para adivinhar o futuro. Embora esta informação não possa ser confirmada, não parece estranho supor que os chineses, desde os mais remotos tempos, tivessem diversos tipos de oráculos, como o demonstra a invenção do I Ching, que data de aproximadamente 3.000 anos a.C.

Segundo o antigo livro chinês Investigação sobre as Tradições de Todas as Coisas, os dominós foram criados por um funcionário de uma antiga dinastia, que presenteou seu imperador com as peças, feitas de osso. De acordo com a mesma fonte, os dominós eram uma variação dos dados, pois as figuras que formam as peças são iguais àquelas que podem formar dois dados jogados conjuntamente.

Além destas considerações históricas sobre a origem dos dominós, sabe-se hoje que o método oracular que usa o dominó para adivinhar o futuro, a dominomancia, é uma combinação de dois sistemas adivinhatórios bem conhecidos: as runas dos antigos povos escandinavos e a numerologia.


COMO CONSULTAR OS DOMINÓS


Sempre que consultar um oráculo, procure colocar sobre a mesa um tecido de cor escura, de preferência que nunca tenha sido usado ou que seja usado apenas com essa finalidade. Procure estar sozinha para que as influências vibratórias de outras pessoas não interfiram na leitura. Acenda um incenso de limpeza (os que contêm cânfora) ou algum que tenha a indicação de ativar a sensibilidade ou espiritualidade e acenda uma vela, de preferência de cores claras (evite velas escuras e as vermelhas).

Para consultar o dominó, você precisa ter um jogo completo, com 28 peças, e um pequeno saco de pano preto (preferivelmente de veludo). As peças sempre devem permanecer guardadas neste saco, pois é a única maneira de não perderem sua energia e, ao mesmo tempo, ficarem imunes a alguma influência externa que possa interferir na resposta.

Antes de iniciar a consulta, a pessoa interessada deve ter a sua pergunta muito bem formulada, isto é, deve ser uma pergunta concreta, que possa ser respondida com uma das quatro alternativas que as peças facultam: SIM; É PROVÁVEL QUE SIM; É POUCO PROVÁVEL; NÃO. Portanto, as perguntas ambíguas devem ser evitadas, assim como questões que exijam algum tipo de explicação.

Depois que a pergunta foi formulada, o consulente deve retirar três peças do saco. Mas, para realizar esta operação, sua concentração deve ser total, não deixando que nenhum elemento externo o desvie de sua pergunta. Além disso, antes de retirar as peças é conveniente misturá-las bem com a mão e depois começar a extraí-las uma a uma.


As peças retiradas devem ser postas sobre a mesa, ou sobre um tapete, com a face inscrita virada para baixo e alinhadas horizontalmente. Agora é a vez do leitor, que deve começar a virar as peças, da esquerda para a direita, e ler a resposta. Para se obter esta resposta, usa-se a TABELA DA DOMINOMANCIA, na qual cada peça possui valor positivo (SIM) ou negativo (NÃO), seguindo o esquema de equivalências dado na tabela abaixo:


A resposta do oráculo está dada pela combinação das três peças que o consulente tirou, ou seja, deve-se verificar na tabela o valor (SIM ou NÃO) década uma das peças e assim obter o resultado (a ordem das peças não altera a resposta). Os possíveis resultados são:

SIM, SIM, SIM: se as três peças indicam SIM, a resposta do oráculo é a confirmação positiva e absoluta em relação ao que foi perguntado.
SIM, SIM, NÃO: se duas peças indicam SIM e uma indica NÃO, a resposta do oráculo já não é absoluta, assinalando uma probabilidade positiva. O oráculo responde: É PROVÁVEL QUE SIM.
SIM, NÃO, NÃO: se uma peça indica SIM e duas indicam NÃO, o oráculo anuncia uma probabilidade negativa: É POUCO PROVÁVEL.
NÃO, NÃO, NÃO: se as três peças indicam NÃO, a resposta do oráculo é um NÃO categórico, sem nenhuma alternativa positiva.

Depois de o consulente ter obtido a primeira resposta, ele pode consultar o oráculo mais duas vezes, visando esclarecer a questão ou obter novas respostas aos possíveis desdobramentos da primeira pergunta. De qualquer modo, aconselha-se a nunca fazer mais de três perguntas numa mesma consulta, porque após uma terceira resposta a capacidade adivinhatória do dominó começa a se esgotar.


LEITURA ALFABÉTICA


A dominomancia não responde só a perguntas que exijam respostas do tipo SIM ou NÃO. Ela também pode decifrar enigmas relacionados com nomes de pessoas, lugares, coisas, etc. Porém, para esse tipo de perguntas deve ser usada uma outra tabela, conhecida como TABELA ALFABÉTICA DA DOMINOMANCIA, na qual cada peça do dominó é equivalente a uma letra do alfabeto (exceto o dobre-branco, que não entra na leitura e deve ser retirado do saco, e o branco-ás, que passa a ser o “ponteiro” de leitura).

Após ter formulado a pergunta, o consulente deve contar o número de letras que compõem o seu nome (Cláudia, por exemplo, tem 7 letras) e retirar do saco tantas peças quantas letras tenha o nome. A seguir, estas peças devem ser arrumadas, com a face inscrita para baixo, formando um círculo, em cujo centro se coloca o branco-ás.

Concentrando-se na pergunta, o consulente faz girar a peça do branco-ás com um rápido movimento dos dedos polegar e indicador. Quando a peça parar de girar, a metade com o ponto deve estar indicando alguma das peças que formam o círculo. Em seguida, vira-se a peça e procura-se na tabela a sua letra correspondente. Essa letra é a chave da pergunta, ou seja, ela indica a inicial do nome, do lugar ou do endereço procurados. 

Caso a direção do “ponteiro” não coincida com alguma peça, a operação pode ser repetida duas vezes mais. Se após a terceira tentativa o branco-ás não indicar qualquer peça, isto representa uma advertência para o consulente desistir, pelo menos momentaneamente, de sua pergunta, porque o oráculo não está em condições de responder.


EXEMPLOS DE LEITURA


Uma jovem tem problemas com o seu namorado. O rapaz não a procura como antes, muitas vezes desmarca encontros já combinados e passa vários dias sem dar notícias. Ela desconfia que ele possa estar se encontrando com outra moça. Embora tenha tentado obter uma explicação por parte dele, o rapaz alegou estar estudando muito e, por isso, não ter tempo para sair e passear. Não convencida, a moça pergunta ao oráculo do dominó se realmente há outra moça na vida do seu namorado.
1ª Resposta: 1 e 6 / 3 e 3 / 2 e 4
O oráculo responde enfaticamente SIM. Em vista da resposta obtida, a jovem quer saber se essa outra relação é apenas um passatempo para seu namorado.


2ª Resposta: 5 e 5 / 0 e 2 / 1 e 2
O oráculo responde NÃO, SIM, NÃO, assinalando assim que É POUCO PROVÁVEL que seja apenas um passatempo.
Considerando esta segunda resposta, a consulente pergunta se o rapaz está disposto a romper o seu namoro com ela.

3ª Resposta: 1 e 4 / 5 e 6 / 2 e 6
O oráculo responde NÃO, SIM, SIM, indicando que seu relacionamento com o rapaz corre sério risco, pois É PROVÁVEL que ele esteja disposto a romper o seu namoro com ela.
A partir desta situação revelada pelo dominó, a jovem, cujo nome é Maria Lúcia, quer saber quem é essa outra moça. Consulta então o oráculo, usando o método de Leitura Alfabética. Retira dez peças (o número de letras contidas no seu nome) e as dispõe formando um círculo. Faz girar o branco-ás e este aponta a peça 4:6, cuja letra equivalente é C. Agora ela sabe que o nome da outra moça começa com C, podendo ser Clara, Cármen, Cláudia, Carolina, etc.

Cleromancia (Dados)





CLEROMANCIA – Sistema divinatório com funções oraculares que utiliza cubos (dados) numerados ou escritos, feitos em variados materiais, lançados sobre uma superfície plana. As respostas são dadas pela contagem dos pontos e seus respectivos significados. ( Sinônimos: dadomancia, cubomancia, astragalomancia.)


Certa vez questionaram-me se dava sorte ter Dados (de seis lados com numeração de um à seis em cada uma das faces) junto às cartas ou Lâminas do Tarô que jogamos. Este pergunta surgiu da observação de que, quase todos o Povo Rom (o maior grupo tribal cigano que mais preserva a tradição, os outros são os “sinti” e os “calons”), usam os dados e moedas juntos às cartas.



Os dados são utilizados como um Oráculo, bem como as moedas, o café, o chá, as nuvens, os cantos dos pássaros, as entranhas de determinados animais, a água, o fogo, as nuvens, as folhas e gravetos caídos pelas estradas da vida… Na verdade, o “pueblo gitano”, devido ao seu maior contato com a natureza, passou a observar que tudo está interligado e que cada objeto ou evento, por menor que seja, pode-nos revelar um pedaço da história que vivemos a cada nascer e pôr-do-sol. Essa interdependência está bem explicada, nos dias atuais, pela Física Moderna, devido ao seu grande avanço…



O meio esotérico nomeou tal Oráculo como Cleromancia e apesar de uma antiga arte divinatória, pouco é difundida aqui no Brasil; usam-nos somente para “jogos de má sorte”, raríssimas pessoas sabem utilizá-lo em sua real finalidade oracular…

Por outro lado, afastando-se do povo ciganos, conta uma lenda grega que palamedes, filho de Náupilo, rei de Eubéia, foi educado pelo centauro Quíron, e dele recebeu conhecimentos de medicina, matemática, astronomia e magia.
Quando a bela Helena desapareceu de Esparta, o inteligente e responsável Palamedes consolou Menelau, seu marido, que enlouqueceria de dor e ódio.


Engajado na guerra que se seguiu “A Guerra de Tróia” Palamedes procurava manter o ânimo das tropas durante o longo cerco. Numa noite, o astuto príncipe ensinou a seus homens a arte de prever o futuro utilizando pequenos e lúdicos objetos cúbicos, com as faces marcadas.

A verdadeira origem dos dados não é conhecida, contudo podemos observar certa semelhança às figuras do dominó, aos hexagramas do I Ching, bem como às figuras geomânticas. 

Uma dica: compre três dados, assim você poderá utilizá-los em qualquer método dentro da Cleromancia, dê preferência a adquiri-los numa quarta-feira, em seguida, enterre-os num vaso de plantas, ou no quintal de sua casa e deixe-os assim por vinte e quatro horas (peça para a Mãe Terra purificá-los e protegê-los das energias nefastas). Isto feito desenterre-os, lave-os com bastante água e exponha-os ao sol da manhã (neste momento, solicite ao Sol que dê vida aos dados, para que ele possa “nascer” como um objeto oracular puro e verdadeiro). Refaça este ritual toda vez que desejar limpar e energizar seus dados, a realização deve ser efetuada, pelo menos, uma vez por ano. Pronto, seus dados estão limpos e energizados. Agora guarde-os num saquinho da cor de sua preferência (a cor usada pelos ciganos é a vermelha ou verde).


Se você desejar poderá utilizar oráculo dos dados para sua orientação pessoal de forma simples e direta. Para consultar os dados você irá precisar de um par deles, ou seja, apenas dois. Uma vez adquiridos, os dados, devem ser energizados. Lave-os com água mineral sem gás ou com água misturada com sal grosso. Se você é uma pessoa mística, deixe-os receber a luz do sol e a luz da lua. A saber, durante uma noite coloque-os na sacada de uma janela até o amanhecer para que sejam banhados pelos primeiros raios de sol. Das 19h até as 7h da manhã do dia seguinte. 

Evite a lua minguante para fazê-lo. Os ciganos, na grande maioria os homens, jogam com três dados, e só o utilizam depois de energizá-los com água doce, da chuva, do rio, lago ou cachoeira e consagrá-los dentro do ritual cigano. Lançam os dados sobre um lenço estampado e com um copo de água ao lado para neutralizar as forças negativas. Existem diversas formas de se utilizar esse Oráculo, quer seja com um, dois e três Dados.

Para praticar a Cleromancia, (oráculo dos dados) basta se concentrar na pergunta e agitar o seu par de dados dentro de um copo de vidro ou uma caneca. Depois de escolhido o referido utensílio, não o utilize mais para outro fim, ou seja, não se deve beber mais nada nele. Agite os dados num copo ou numa caneca, pelo menos umas sete vezes, tampando a superfície com uma das mãos. A seguir, lance-os sobre uma mesa coberta com uma toalha na cor de sua preferência. Quando caírem na superfície, analise-os somando os valores de cada dado. O resultado da soma deve ser considerado de dois até o doze, pois se trata do número máximo encontrado.

Outra forma consiste em desenhar com um giz (branco) três grandes círculos sobre uma mesa. O primeiro será o círculo do amor, o segundo do trabalho e o terceiro do dinheiro. A seguir, pegue dois dados e agite-os em suas mãos, enquanto se concentra no assunto representado pelo círculo. Por exemplo, se for jogar os dados no círculo do amor, imagine a pergunta: “como vai estar a minha vida amorosa? ” Se quiser saber como anda a sua vida profissional ou financeira, adapte a pergunta. Depois de ter formulado a questão, jogue os dados no circulo escolhido e some os resultados e consulte as respostas.



O JOGO COM UM DADO:


Existem duas opções de jogo:

A) Lança-se o dado sobre uma superfície, e interpreta-se de acordo com a face que ficou virada para cima. As interpretações de cada número (1 a 6) seguem-se na seqüência.

B) Você pode riscar num papel um círculo de 25cm de diâmetro. Usando o mesmo centro, trace outro círculo, com 35cm de diâmetro por fora. Segure o dado, e se concentre. Se ele cai dentro do círculo menor, a resposta É NEUTRA. Se ele cai no círculo maior, a resposta É POSITIVA. Se cai fora do círculo, a resposta É NEGATIVA.

1 – inícios, iniciativa, energia vital, potencial de criação.
  • POSITIVO: O momento é muito benéfico, tome todas as iniciativas necessárias.
  • NEUTRO: Pare e avalie melhor antes de agir. Ouça outras opiniões e não faça nada por impulso.
  • NEGATIVO: O momento é desfavorável para iniciar qualquer coisa, não faça nada que possa interferir demais em sua vida, talvez você esteja direcionando mal seus objetivos.

2 – divisão, união, intuição, energia feminina, uma mulher.
  • POSITIVO: Você só conseguirá o que quer com o auxílio de outra pessoa, tudo está propício para a união e a sorte.
  • NEUTRO: Seus objetivos só serão atingidos se você seguir sua intuição, e agir com diplomacia e benevolência.
  • NEGATIVO: Cuidado com atritos e rivalidades, não seja infantil. Não avalie as coisas somente pelo seu ponto de vista.

3 – equilíbrio, vitória, conquistas, criatividade.
  • POSITIVO: Uma novidade tornará seu projeto ainda mais promissor. Siga em frente, a fase é fértil e criativa.
  • NEUTRO: Leve seu projeto adiante, mesmo com dúvidas. Confie em seu potencial de realização, abuse de sua criatividade.
  • NEGATIVO: Fique atento às decepções, e não se atenha demais às futilidades. Todo e qualquer desequilíbrio é prejudicial ao que queremos.

4 – solidez, bases, ordem, racionalidade, concretização, um homem.
  • POSITIVO: Seus desejos serão realizados, mas é necessário que você tenha paciência, pois a realização vem de forma lenta e gradativa.
  • NEUTRA: Somente tome decisões quando tiver certeza daquilo que pretende. Avalie suas bases, tenha método e organização, use autoridade com disciplina.
  • NEGATIVO: Não seja egoísta nem autoritário demais. A rigidez e a inflexibilidade são péssimas conselheiras. Reveja seus planos. Não-realização.

5 – provação, dificuldade, crescimento espiritual, teste de fé, conhecimento.
  • POSITIVO: Divida suas vitórias com todos os que te cercam ou que colaboraram. Dessa forma, o sucesso será mais amplo que o esperado.
  • NEUTRO: As perspectivas são favoráveis, mas os resultados podem não corresponder às suas expectativas.
  • NEGATIVO: Os caminhos estão fechados, você deve ter fé, buscar um apoio espiritual e recomeçar. Tudo é importante para o aprendizado.
6 – indecisão, dúvidas, situação delicada, incerteza.
  • POSITIVO: O momento só será favorável se você for coerente com a sua conduta. Não seja indeciso, nem tente fazer várias coisas ao mesmo tempo a fim de evitar dispersão.
  • NEUTRO: Não faça alarde de suas pretensões antes das coisas se realizarem. Não se mantenha em cima do muro, pense com cautela mas também aja.
  • NEGATIVO: As perspectivas são desfavoráveis, você poderá ter um prejuízo. Reavalie suas metas e mude o que não lhe agrada.




A SORTE PELOS DADOS CIGANOS



O jogo de dados é velho como o mundo. Na Idade Média, os ciganos sabiam jogá-lo bem. Agora poucos sabem”, fala a cigana. Não jogue com dados sem ter feito sua firmeza, e sem crer neles. Senão não adianta nada. Sacuda bem os três dados em um copo de couro, com a mão esquerda, e jogue-os sobre uma mesa, dentro de um círculo previamente traçado com giz branco. Conte quantos pontos foram alcançados e verifique sua significação de acordo com a relação da magia, abaixo. 
  • Se a soma das caídas for três, significa que a pessoa se casará e terá muitos filhos. Se for casada, indica paz no lar.
  • Quatro indica frivolidades, traições no amor e perda de dinheiro.
  • Cinco indica sorte em compra de terrenos, ou mudança de emprego.
  • Seis, para mulher, indica que tem muitos apaixonados.
  • Sete, para homem, serve como aviso de sucesso profissional.
  • Oito indica avareza.
  • Nove indica felicidade matrimonial e muita espiritualidade.
  • Dez indica traições e discussões.
  • Onze indica extravagância e dissipação. Cuidado com gastos excessivos.
  • Doze é sinal de que um acontecimento importante vai mudar sua vida.
  • Treze serve como sinal de leviandade.
  • Quatorze indica sorte no jogo, nas corridas e nas apostas.
  • Quinze anuncia sucesso na política.
  • Dezesseis fala de caiporismo na loteria; é mau sinal.
  • Dezessete é desfavorável para banqueiros, jogadores e médicos.
  • Dezoito indica riquezas, honrarias e felicidade. Prediz também prosperidade em todas as espécies de assuntos no amor.



Jogo Cigano com Dados.


Você vai precisar de três dados, e consagra-los da seguinte forma: Lave os dados em água de chuva ou de cachoeira. Faça um ninho em seu altar, com folhas de louro e deite os dados com os seis para cima. Acenda uma vela de sete dias e um incenso de ópio, oferecendo ao povo cigano. Deixe os dados descansar enquanto a vela queimar, por sete dias, e acendendo um incenso por dia ao lado dos dados. Pronto, os dados estão energeticamente funcionais. 
Você vai precisar de um lenço, de qualquer cor menos preto, e um copo com água de chuva ou mineral. Segure os dados entre as mãos e bata os pés três vezes dizendo: “Santa Sara, com seus mistérios, esteja ao meu lado, Pela força da natureza, das águas e do vento, Daí-me energia para descobrir o que (nome da pessoa) quer.” Jogue os dados sobre o lenço e interprete. Para cada pergunta jogar no máximo três vezes. E com a soma dos números dos três dados, você confere o resultado na tabela abaixo:
  • TRÊS: Susto, cuidado com roubo ou perda de tudo.
  • QUATRO: Cuidado com a prisão e com inimigo oculto.
  • CINCO: Traição no amor.
  • SEIS: Falsidade dentro de casa ou da família.
  • SETE: Vivendo um amor, cuidado com ilusão e decepção.
  • OITO: Dinheiro e riqueza a caminho.
  • NOVE: Embaraços para você e para quem estiver ao seu lado.
  • DEZ: Desavenças, intrigas, brigas e fuxicos com pessoas mentirosas.
  • ONZE: Um antigo caso de amor está prestes a ter fim.
  • DOZE: Problemas com a justiça que lhe darão dor de cabeça.
  • TREZE: Doença rondando você e sua família.
  • QUATORZE: Inimigo querendo fechar as portas de seu negócio.
  • QUINZE: Problemas nas pernas ou olhos. Procure um médico.
  • DEZESSEIS: Caminhos abertos, harmonia, paz espiritual, felicidades. Coisas boas.
DEZESSETE: Realização em negócios. No amor, indica união e casamento.
DEZOITO: Negócios vão muito bem e um grande sonho vai se realizar.


“AS JOGADAS DOS DADOS”
Jogo do circulo do amor



  • Dois – Uma antiga amizade pode se transformar em amor. Prepare-se para viver fortes emoções.
  • Três – A felicidade no relacionamento atual vai depender da confiança mútua.
  • Quatro – Uma mentira a seu respeito poderá prejudicar a sua vida amorosa. Fique atento.
  • Cinco – Possibilidade de conhecer alguém interessante durante uma reunião de amigos.
  • Seis – Não espere nada muito sério. Nesta fase, só devem pintar romances passageiros.
  • Sete – Uma pessoa muito rica poderá realizar os seus sonhos de amor num futuro próximo.
  • Oito – Reflita bastante antes de se envolver com alguém, para não sofre decepções sentimentais.
  • Nove – A estabilidade na relação amorosa irá favorecer o seu crescimento espiritual.
  • Dez – Será difícil – mas não impossível – aparecer o amor dos seus sonhos. Não desanime.
  • Onze – Uma grande paixão poderá nascer de um encontro casual e levá-lo ao mundo dos sonhos.
  • Doze – Uma pessoa que você conheceu na infância vai reaparecer e alegrar o seu coração.

Jogo do Círculo do Trabalho


  • Dois – Ao escolher uma profissão, pense mais na sua realização. Dinheiro não é tudo.
  • Três – Este é o momento ideal para você tentar uma mudança de emprego ou de função.
  • Quatro – Suas chances de sucesso profissional dependem da resolução dos problemas pessoais.
  • Cinco – Uma pessoa influente irá ajudá-lo bastante no seu ambiente de trabalho.
  • Seis – Num futuro próximo, seu talento será reconhecido e você terá muitas chances de brilhar.
  • Sete – Cuidado com os falsos amigos, pois há riscos de você cair na armadilha de pessoas invejosas.
  • Oito – Na hora de decidir o seu futuro profissional, peça conselhos a pessoas mais velhas.
  • Nove – O sucesso no trabalho vai depender muito da sua capacidade de ceder de vez em quando.
  • Dez – Uma boa oportunidade lhe será oferecida. Mas você deve pensar bem antes de tomar uma decisão.
  • Onze – Tente começar uma nova atividade que lhe permita desenvolver o seu potencial criativo.
  • Doze – É preciso ter paciência: por enquanto, não há chances de mudanças ou promoções.

Jogo do Círculo do Dinheiro


  • Dois – Uma viagem de negócios lhe trará a oportunidade de obter excelentes lucros. 
  • Três – Crise financeira à vista, devido ao fracasso de um investimento feito impulsivamente.
  • Quatro – Se ficar adiando as suas decisões, você pode perder uma boa chance de ganhar dinheiro.
  • Cinco – As perspectivas neste campo são muito favoráveis. Confie na sua intuição.
  • Seis – Risco de sofrer prejuízos. Procure manter os seus gastos rigorosamente dentro da rotina.
  • Sete – Possibilidades de você receber uma herança ou uma soma de dinheiro em forma de presente.
  • Oito – Se não controlar a tendência a gastar mais do que deve, você poderá ficar com saldo negativo.
  • Nove – Uma mudança de emprego resultará numa significativa melhora financeira.
  • Dez – Um amigo poderá ajudá-lo a realizar um negócio vantajoso e obter grandes lucros.
  • Onze – Guarde segredo sobre os seus ganhos, para evitar a inveja de pessoas mal-intencionadas.
  • Doze – O sucesso no campo financeiro vai depender da sua agilidade para tomar decisões.

Jogo do Sim ou Não



  • 2 – Não, pois depende de outra pessoa. Só resta esperar o tempo passar e aguardar novos acontecimentos. Será fácil tornar-se uma vítima das circunstâncias.
  • 3 – Sim mas, adverte quanto ao abuso da sorte e excesso de confiança. Evite falar demais e deixar de observar as lições que se repetem. Fale menos e ouça mais.
  • 4 – Não, pois representa o limite, a teimosia e o orgulho. Pode haver restrição quanto a sua liberdade, o que o faz infeliz. Sua rigidez atrapalha seu sucesso lhe impede de aceitar as mudanças.
  • 5 – Sim, caminhos abertos e boas oportunidades. Acredite na sorte e não tenha receio de experimentar o novo. Bom para dinheiro. Você está aberto a novas situações e terá alegrias.
  • 6 – Não, pois aponta para responsabilidade extras. Risco de se deixar guiar pelas paixões e cair em armadilhas emocionais. Não fantasie a realidade e nem seja tão apegado às pessoas e às suas posses.
  • 7 – Sim, confie em sua estrela e deixe o medo de lado. Use sua intuição para se livrar dos dissabores. Medite e relaxe para decifrar seus enigmas. Você deve confiar na sua percepção e agir sem medo.
  • 8 – Não, pois este resultado pede resistência e força interior acentuada, coisa rara na maioria das pessoas. Pode vivenciar alguns prejuízos. Grandes lições a serem vivenciadas nos planos material e espiritual.
  • 9 – Sim, você está no caminho certo e a rodeado de grandes possibilidades. Dê atenção aos pequenos detalhes. Evite a falta de concentração. Evite agir com autoritarismo e termine aquilo que começou.
  • 10 – Não, pois indica uma situação que vai alternar, virar de cabeça para baixo. Evite a ansiedade e a precipitação. Tempo de renovação. Muitas agitações que podem desviar sua atenção do foco principal.
  • 11 – Sim, pois sugere uma inspiração aguçada. Um resultado surpreendente trazendo muita satisfação e sucesso. Valorize-se ainda mais! Grande inspiração e possibilidade de evoluir interiormente.
  • 12 – Não, pois indica sacrifício pessoal. Hora de dar a vez, compreender e aceitar a restrição que está sendo imposta. Elevação espiritual. Talvez seja vítima de uma grande ingratidão. Falta de reconhecimento.

Os Talismãs



A força existente em um talismã envolve principalmente as energias inconscientes que projetamos nele. O talismã funciona como sendo um ponto focal dessas energias. Para muitos de nós, nossos desejos precisam de um objeto concreto para que se manifestem. Se você acredita que um Talismã irá ajudá-lo, ele realmente poderá ajudar você a alcançar seus objetivos. Entretanto, e por este mesmo motivo, você deve, acima de tudo, acreditar em sua capacidade de agir sobre o mundo que o cerca.



Talismãs mais conhecidos e usados:


  • Rosa – favorece as paixões e traz prosperidade.
  • Coração – protege a vida afetiva.
  • Borboleta – harmonia conjugal. Bom relacionamento doméstico. Vida, morte e ressurreição.
  • Gato – harmonia, felicidade.
  • Lua Crescente – sorte no amor
  • Tartaruga – Longevidade
  • Âncora – estabilidade
  • Olho – proteção contra o mal.
  • Ferradura – boa sorte, dinheiro, prosperidade.
  • Chave – favorece todas as situações que envolvam mudanças.
  • Pentagrama – representa o domínio da razão sobre a emoção.
  • Figa – afasta o mau olhado.
  • Ouroboros – (a serpente que morde a própria cauda): traz equilíbrio, força e determinação.
  • Trevo de 4 folhas – traz boa sorte, felicidade e fortuna.
  • Pomba – símbolo da paz, está associado às deusas-mãe. Traz felicidade para os amantes.

A Lua







Para o Povo Cigano, a Lua Cheia é o maior elo de ligação com o “sagrado”, quando são realizados mensalmente os grandes festivais de consagração, imantação e reverenciação à grande “madrinha”. 

As celebrações da Lua Cheia acontecem todos os meses em torno das fogueiras acesas, do vinho e das comidas, com danças e orações. Também para os Ciganos tudo é vida, é “maktub” (está escrito nas estrelas), por isso são atentos observadores do céu e verdadeiros adoradores dos astros e dos sidéreos. Os ciganos praticam a Astrologia da Mãe Terra respeitando e festejando seus ciclos naturais através dos quais desenvolvem poderes verdadeiramente mágicos.

Para os Ciganos no plano mental a lua representa nosso inconsciente e as nossas emoções. Cada uma destas fases influencia nossa sensibilidade, nossa disposição e, portanto nossas atividades. As fases da lua são muito importantes na magia cigana, como em qualquer outra magia, portanto devemos respeitar as forças da natureza.


· Lua Nova – é o momento da germinação, na busca de novos caminhos. Ficamos mais introspectivos e indecisos. Não é um bom momento para tomarmos decisões. É a época de deixarmos amadurecer nossos propósitos e ideais.

· Lua Crescente – nossas idéias e emoções tornam-se pouco a pouco, mais claras. Ficamos mais objetivos. É o momento de colocarmos em prática o que planejamos. Tornamo-nos mais sociáveis.

· Lua Cheia – simboliza a plenitude. Ficamos mais receptivos.Nosso inconsciente aflora mais facilmente. Tudo que planejamos chega ao seu nível máximo de potencialidade.

· Lua Minguante – este é o período de avaliação daquilo que foi feito. É o momento de terminar tudo que foi iniciado nos ciclos anteriores. Ficamos extremamente sensíveis.

Elemento Fogo





Os Ciganos acreditam que o FOGO queima a negatividade e ilumina a positividade. A vela, para eles concentra as energias dos quatro elementos. A água e a terra são representadas pela cera e o pavio. O fogo é a chama e o Ar (oxigênio) a mantém viva (acesa). Esses elementos são divididos em ativos e passivos, sendo o fogo e o ar elementos ativos e água e terra elementos passivos.

O fogo é um elemento poderosíssimo dentro da cultura cigana e grande poder energético e habilidosamente rápido para estancar influências negativas. O fogo é responsável pelo processo de limpeza rápida dentro do culto. O grande poder do fogo é indicado em vários rituais de limpeza e é por isso que para os ciganos é fundamental a presença do seu calor ou das suas chamas em ritos ou em suas comemorações devido ao seu alto poder de purificar, contudo é ao mesmo tempo extremamente perigoso não sendo manuseados por pessoas que não tenham preparo ritualístico dentro do culto cigano. 

O ritual do fogo ou fogueira cigana é uma função de iniciados, onde as mulheres dançam a sua volta reverenciando e invocando seus ancestrais, pedindo esperança, confiança, vida longa, enfim que os maus espíritos não consigam se aproximar. Ao fazerem movimentos com suas danças, as mulheres movem o ar que abanam as chamas do fogo alimentando-as e mantendo-as bem acesas, renovando assim todos os bons pedidos. 

Este é um ato apesar de litúrgico principal dentro da cultura cigana, o ritual da fogueira, o fogo é sempre reverenciado em rituais desde o nascimento ao casamento, desde o batismo ao falecimento. O ar sem o qual as chamas não se mantém vivas é o fogo energético.

Elemento Ar



O elemento AR que é um dos elementos principais dentro da ritualística cigana e que vem a ser um dos elementos ativos, como temos o fogo e o ar. A Ar é física e energeticamente um dos elementos principais, porque nós estamos ligados através da respiração ao ar. Ele é um elemento coletivo e está ao mesmo tempo interligado aos quatro elementos, porque ele é o fundamental, estando presente na terra através da evaporação de todos os elementos líquidos e sólidos da terra, nós temos a presença do ar. Quando na água é feita a evaporação de gases e até mesmo da própria água, nós temos também representado o elemento ar.

Temos através do fogo, da sua transmutação, a representação do elemento ar; então ele é indispensável e presente em todos os outros três elementos. É indispensável, porque podemos ficar alguns dias sem beber água, sem comer, e sem o elemento ar não aguentamos mais que alguns minutos, então ele é de suma importância para que possamos fazer invocação de todo e qualquer ritual da abertura de qualquer portal para rituais na cultura cigana. 

Dentro do culto ele é representado principalmente pelos incensos que são suas fumaças energéticas que podem limpar e afastar malefícios, mal-espíritos. Os incensos além de condutores de bom aroma são essenciais para cerimônias e rituais, já que a fumaça em si representa abstratamente a transmutação da matéria e o espírito. O elemento ar dentro da cultura cigana representa o próprio espírito, a própria presença do espírito cigano com sua evolução ao plano espiritual superior, além de serem utilizados em rituais intensamente em todos os tempos em tendas e casas espirituais ciganas. É fundamental que sejam mantidos acesos em altares e oferendas. 

Os incensos não são somente representantes de ar dentro da cultura cigana, através da evaporação de alguns gases da própria terra, através da evaporação da água você tem ali representado o ar em todos os outros. Por isso geralmente ele é o 1o. elemento a ser cultuado e é representado em todos os outros em qualquer ritualística feita.

Elemento Terra




O elemento Terra é detentor de grande poder de ancestralidade e grande purificador do nosso corpo e da nossa alma. 

O elemento terra é responsável pela conexão entre o espírito ancestral e a transformação da vida. Para o culto cigano a terra é considerada um portal onde são depositadas oferendas, flores, frutas, cereais, condimentos, para que os espíritos possam trazer vida longa e felicidade, já que para os ciganos, os seus mortos, seus ancestrais continuam vivos e tem a função de velarem e proteger os seus que ficaram vivos. 

O elemento terra é auxiliado pelo elemento água sendo os dois de polaridade passiva. Podem ainda ser o grande responsável pela produção alimentar do mundo, pois quando fértil a terra é capaz de produzir todos os tipos de alimentos tais como frutas, cereais, legumes, verduras, etc. 

No culto cigano, a cada cereal que germina significa que os ancestrais ouviram e atenderam os nossos pedidos. O elemento terra é para obtermos prosperidade, assim como também podemos fazer grandes rituais e purificação do nosso corpo.