Ciganos

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Cigana Tainara


Esta Cigana protege os enfeitiçados, que estão sofrendo contra forças maléficas impregnadas ou as que estão quebrando a força natural da pessoa. Protege a fé, os desesperados, os que sofrem de mal de amor e os que estão em desenvolvimento mediúnico para que não desvirtuem do caminho certo.


É de origem Árabe, do Sudoeste da Ásia, de uma região em que os Ciganos paravam para descansar antes de seguir viagem rumo à Espanha. Provavelmente é de um Clã chamado “Churary” (fala-se tchurrary), que é especialista na arte de forjar facas e provavelmente trabalha com elas, ou as tem na cintura. Esta Cigana não é nova de idade, diria meio termo. Em vida precisou se esconder por causa de seus feitiços, é uma cigana feiticeira, quase bruxa, por isto esconde o rosto. Ela conta que atendia à todos sem distinção, por isto foi perseguida por nobres e reis, que queriam que ela fizesse feitiços somente para atender aos propósitos delas e ela atendia a todos que dela precisavam.


O fundamento de sua magia, é a fumaça e o vento. De fogueira, vela (colorida), cigarrilha, cachimbo e incenso, na fumaça com um leque, ela trabalha para os mais diversos casos. Faz magias para cura (de depressão, males do corpo físico), cura espiritual, perseguições físicas e espirituais, amansar amores, união de pais e filhos. Ela não é simpática, se preocupa em ser muito verdadeira. Fala pouco, ri raramente, somente quando esta muito satisfeita, sua dança é estranha, sempre com algo que possa enfumaçar e fazer magias. É bonita mas dá um certo medo. Suas especialidades são passes e magias diversas.


Não usa jogo. Analisa o rosto das pessoas. Embora tenha mão para qualquer oráculo. Não gosta de falar nem de dar conselhos. Aceita véus e lenços de presente, sua cor é a vermelha. Quando ela chega o tempo fica atemporal (parece que o tempo pára), e ficamos sem noção de tempo também. Sua magia é maior quando o médium esta dormindo, pois ela avisa por meio de sonhos o que irá acontecer, mesmo que a pessoa não se lembre do sonho, ela fica sabendo por intuição. A Cigana Tainara quando esta na terra incorporada, o médium ganha uma expressão madura, férrea, forte, sem perder a elegância e suavidade. Porém as pessoas percebem a força que tem esta cigana, somente no modo dela olhar, pois o médium muda completamente.


Ela sempre trabalha com uma faca, uma coisa para fazer fumaça, e um leque. O leque e a faca geralmente estão juntos na cintura. Assim ela dá passes sem nada dizer. Mas quando ela tira o leque da cintura, começa a fazer sinais aos Ciganos incorporados, encarnados e do astral, ela abana o consulente com o leque e é sinal de que a pessoa esta carregada, mais que ela ajudará na resolução do problema.

Obs: Ela prefere ajudar aos que estão mais necessitados. Deixando os outros consulentes com problemas menos graves para suas irmãs e irmãos ciganos cuidarem. Ela não vem sempre à terra, a não ser que seja preciso, ou esteja satisfeita.