Ciganos

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Culinária Cigana



Na culinária cigana são indispensáveis: o cravo, a canela, o louro, o manjericão, o gengibre, os frutos do mar, as frutas cítricas e as frutas secas, o vinho, o mel, as maçãs, as peras, os damascos, as ameixas e as uvas que fazem parte inclusive dos segredos de uma cozinha deveras afrodisíaca.



Pratos Tradicionais


Armiana: Salada de alface (em rodelas) com champignon; queijo de cabra, cenoura, beterraba (em pedaços) e berinjela frita (em tiras).

Enfeitas com uvas-passas, raminhos de hortelã e pétalas de flores.

Assados: Pernil de carneiro (Bakró); Pernil de leitão (Baló); Cabrito frito com arroz e brócolis (ou lentilha ou nozes); e/ou roletes de carne bovina ou frango com pedaços de cebola, pimentão (verde e amarelo) e tomate.

Brynza: Queijo de cabra (cru ou frito).

Chivuiza: Destilado à base de trigo (espécie de aguardente).

Civiaco: Torta salgada ou doce.

Manouche: feijões vermelhos grandes, pedaços de carne e de ossos de pernil de porco, alhos-porós em pedaços, salsão com as folhas em pedaços, alhos comuns inteiros com casca, cenouras e batatas cortadas em pedaços grandes, sal e pimenta-do-reino (moída na hora) à gosto; arroz branco que deve ser incorporado na última etapa do cozimento.

Goulash: Cozido de arroz, batata, pedaços de carne bovina e páprica ardida.

Malay: Pão de milho.

Manrô/Lolako: Pão redondo de Farinha de Trigo.

Mamalyga: Polenta.

Naut: Grão de Bico com linguiça.

Paprikach: Costela defumada (bovina ou suína) e bacon ao molho vermelho de tomate e pimentão com batatas pequenas, cozidas (na casca) e páprica doce.

Papuchá: Pirão de Milho.

Sifrite: Ponche de Frutas com Champagne, Vinho e/ou refrigerante.

Enfeitar com pétalas de rosa

Sarmá: Arroz com lentilha, carne seca desfiada e nozes.

Sarmy/Salmava: Charutos ou Rolinhos feitos em folhas de repolho recheados com lombo ou carna bovina moída, azeitonas, bacon e molho dourado; e/ou em folha de uva com recheio de bacalhau.




Para os Ciganos cozinhar é muito especial porque através da comida acredita-se que uma pessoa pode encantar a outra. Cada ingrediente utilizado pelo cigano no preparo de sua comida leva consigo um sentido próprio, um desejo, um objetivo.As fazes da lua, são muito importantes para o preparo da comida cigana.Na Lua Nova: é de boa energia para terminar trabalhos inacabados ou começar projetos que queremos que deem resultados imediatos.


Na Lua Crescente: Os Ciganos cozinham para aqueles que devem tomar conhecimento de seus projetos, trabalhos e também para o casamento, noivados. É nesta lua que são colhidas as ervas e especiarias, caso seja cultivadas em horta doméstica.

Na Lua Cheia: Os Ciganos reúnem as pessoas mais queridas para servi-lhes os alimentos encantados esperando os melhores comentários. Também é a lua melhor para lançar um produto e também iniciar um projeto que desejamos que se torne público.

Na Lua Minguante: Dedicam a cozinha para a cura. Fazem os remédios caseiros utilizando as ervas, raízes, sementes, frutas e flores. Na cozinha cigana estão inclusos. As carnes de porco, frango e boi que são as mais utilizadas. Utilizam também muitas especiarias e temperos de diversas partes do mundo, como, frutas, nozes e amêndoas que estão sempre presentes em diversos doces. Também são utilizados o ovo, manteiga, queijo e frios. As massas são de fabricação caseira e os pães são feitos ritualisticamente para ser oferecidos como alimento do corpo e do espírito.

Na Lua Nova: é de boa energia para terminar trabalhos inacabados ou começar projetos que queremos que deem resultados imediatos.