Ciganos

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Cigana Kim (Lady Cigana)





Ela se chama Kim, mas é conhecida como Lady Cigana - a Dama das ruas, das estradas e da justiça kármica. Aparenta ser bem mais velha do que é, no entanto, deixou a Terra aos 32 anos, vítima de uma doença sexualmente transmitida. Seu tampão no olho é sua marca de vida e de luta, visto ter perdido a visão direita em uma briga com os homens de farda na defesa do povo cigano. Quando solicitada é preciso preparar-lhe um belo assento aveludado ou acetinado, pois como seu codinome diz, é uma Lady e deseja ser tratada com reverência e respeito.


Faz atendimento na rua, e quem a incorpora deve atender todos os seus caprichos, caso contrário ela cala ou não dá informações coerentes. Lady Cigana foi muito uma mulher muito desejada; os ciganos e os não-ciganos se rendiam aos seus encantos, porém, ela não quer ser agradada com colares, brincos, lenços finos ou xales de renda; sua preferência é por cigarros fortes, bebidas amargas e tamancos de madeira sem sola. Vez por outra ela pede um lenço estampado sem exigir bom material, e velas coloridas, sendo a maioria delas amarela. 


Em todos os seus trabalhos ela pede um tampão preto para o olho e, segundo a Lady, é neste tampão que reside sua magia. Seus encantamentos são direcionados unicamente para mulheres que buscam o amor, e pode ser considerada como uma guardiã dos relacionamentos de quem ela unir e abençoar. Também protege as prostitutas, por quem nutre um carinho especial. Logo quando chega, de forma rude, por vezes grosseira, adverte a mulher que a consulta sobre o lado negativo de seu parceiro. Em sua passagem terrena, a Dama Cigana não conseguiu ser feliz com a pessoa amada.




Mensagem canalizada por mim através da "Minha Cigana" no dia 1 de junho de 2009
Valéria Fernandes